Ceclin
out 07, 2012 0 Comentário


Votação segue com movimento tranquilo nas seções da Vitória de Santo Antão

O Ministério Público em conjunto com as Polícias Militar e Civil estão nas ruas inibindo qualquer tentativa de “boca de urna”, o que tem deixado um quadro totalmente apático e monótono no dia da eleição em Vitória de Santo Antão

por Lissandro Nascimento e equipe

Jailton do PT considera que fez uma campanha transparente e com propostas.

A votação para escolher o novo prefeito da Vitória de Santo Antão e os vereadores que, a partir do próximo ano, integrarão a bancada da Câmara Municipal, começou pontualmente às 08 horas deste domingo, 07, na capital da Zona da Mata.

No total, 294 seções integram as 02 regiões eleitorais existentes na cidade, que totalizam um eleitorado composto por 97.849 eleitores, das 151 urnas no Município (18 Zona), cerca de 294 no total de seções, somando com a 102 Zona Eleitoral. No Colégio Municipal 03 de Agosto, no Centro, maior colégio eleitoral de Vitória, o movimento foi tranquilo pela manhã. Na escola Duque de Caxias, em Pirituba, uma fila já se formava na porta. Na Escola Amélia Coelho, na Vila União, a movimentação foi pequena pela manhã no local. O movimento também é tranquilo na Faculdade Faintvisa, onde nenhuma das seções pertencentes a 102ª Zona Eleitoral tem fila.

Logo cedo, houve uma pequena contradição com relação ao transporte público disponibilizado pela Justiça Eleitoral local, quando as comunidades, sobretudo da Zona Rural, não sabiam ao certo o local que teriam que voltar para se deslocar ao seu local de origem. Todos os ônibus estão se concentrando nas proximidades do Fórum local.

O candidato à Prefeitura de Vitória, Jailton Albuquerque (PT), votou hoje no início da tarde no Clube O Leão, na Matriz. Acompanhado de familiares e do candidato a vice, Jairo Medeiros (PCdoB), bem como do contador Gilvan Leonel (PT). Jailton acompanhará a apuração dos votos em seu comitê, no bairro do Livramento, defronte ao prédio da Prefeitura.

O candidato socialista à Prefeitura de Vitória, José Aglailson, votou também no Clube O Leão por volta das 10h. O Presidente da Câmara foi acompanhado pelo Juiz Eleitoral da cidade. Já a sua vice que é a sua filha, Ana Queralvares (PSB), votou às 10h30 na Escola Antonio Dias Cardoso, na Matriz.

Com algumas ruas do Centro interditadas para veículos, algumas vias próximas aos locais de votação estão bloqueadas, para a facilitação da passagem dos eleitores.

O atual prefeito, candidato a reeleição pelo PSD, Elias Lira, votou às 11h. no Colégio Municipal 03 de Agosto, também acompanhado pelo Juiz Eleitoral.

Para coibir tentativas de abordagens junto aos eleitores e fiscalizar os candidatos, o Ministério Público, através da Promotora Eleitoral, Joana Cavalcanti, em conjunto com as Polícias Militar e Civil estão nas ruas inibindo qualquer tentativa de “boca de urna”, o que tem deixado um quadro totalmente apático no processo eleitoral em Vitória de Santo Antão.

Na verdade, nem parece eleição! Tudo muito parado e monótono. O tempo manteve-se nublado pela parte da manhã, com quadro de chuva rápida que persiste ainda nesta tarde. Tudo leva a crer que o eleitor vitoriense optou por ir votar à tarde, pelo qual deveremos ter um movimento eleitoral mais intenso.

COMÍCIOS

Por conta de um acordo eleitoral entre os candidatos majoritários, firmados em conjunto com a Justiça Eleitoral local, as atividades de campanha acabaram encerradas na última quinta-feira (04). Os três candidatos a Prefeitura de Vitória promoveram seus últimos comícios na noite de quinta. O Bairro do Lídia Queiroz foi palco para o encerramento das atividades de rua de José Aglailson (PSB), que arrastou imensa multidão inclusive com carreata. Já o prefeito Elias Lira acabou promovendo o seu comício na Praça Diogo de Braga, no Bairro da Matriz. E o petista, empresário Jailton Albuquerque promoveu sua atividade no Bairro da Bela Vista.