Ceclin
out 11, 2016 0 Comentário


VITÓRIA: Salários de prefeito, vice, secretários e vereadores, congelados!

Casa Diogo de Braga

Por Elias Martins          

Trinta de setembro de 2016, ultimo dia para as Câmaras de Vereadores em todo o País definirem os subsídios de todos os Prefeitos, Vice-Prefeitos, Secretários e Vereadores, para o mandato 2017-2020.

                Essa é uma prerrogativa exclusiva da Câmara de Vereadores, de acordo com nossa Constituição Federal.       Nossa Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão NÃO colocou em pauta o projeto, ou dormiu no ponto.   Mais uma vez?!

                Algumas questões ficaram de fora, como o ajuste dos salários dos vereadores, que no caso poderiam chegar à R$ 12.661,13, do 13º para Vereadores, Prefeito, Vice-Prefeito e Secretários, já que se trata de subsídios, já alinhados por milhares de Câmaras no País, no atual mandato.

                Ficam assim os subsídios, para o Mandato 2017/2020 em Vitória de Santo Antão:

PREFEITO:……………………………..R$ 20.000,00

VICE-PREFEITO:……………………R$ 15.000,00

SECRETÁRIOS:………………………R$ 6.500,00

SECRETÁRIOS EXECUTIVOS: R$ 4.000,00

VEREADORES:……………………….R$ 10.000,00

Um problema para o próximo prefeito eleito, em especial na escolha de seus futuros Secretários, com o valor de salário mantido para os próximos quatro anos.

Atualmente nossa Câmara recebe R$ 660 mil mensais de Duodécimo.  A previsão inicial é de R$ 710 mil mensais em 2017.  Então vejam com fica a possível distribuição de despesas mensais da Câmara de Vitória:

Vereadores (19) – ……………………………………R$ 241.800,00

Efetivos Atuais (9) – ………………………………..R$ 50.000,00

Despesas de Manutenção – ………………………R$ 103.660,00

Despesas Cargos de Gabinete (95) – …………R$ 171.661,76

Despesas de Pessoal à disp. da Presid. – ……..R$ 142.878.24.

                Isso mostra claramente que o Poder Legislativo continuará e cada vez se firmará como independente financeiramente das ações do Executivo Municipal.

                Pena que até hoje nenhum Presidente tentou, ou conseguiu incutir essa ideia na cabeça dos pares.

                Será uma dureza encararmos o que vem por aí.

                Assistencialismo, Assistencialismo, Assistencialismo!!!             É basicamente o que continuaremos a ver. Foram eles que venceram a batalha dos votos 2016, mesmo com algumas baixas consideráveis de seguidores dos reeleitos, sendo destaque apenas o Irmão Duda (PSDC), que cresceu em 34,48% seu encabrestado eleitorado.

                O Povo quis assim.

 Martins Colunista

 

Por Elias Martins, colunista do Blog