Ceclin
out 03, 2022 0 Comentário


Vitória de Santo Antão agora tem uma deputada federal para chamar de sua: Iza Arruda

Por Lissandro Nascimento

Com todas as urnas apuradas no Estado de Pernambuco, a Fisioterapeuta Iza Paula de Deus e Melo Albuquerque Arruda (MDB) se elegeu deputada federal com 103.950 votos, conseguindo com isso desbancar seu colega de partido, Raul Henry que obteve 72.887 votos, não renovando sua vaga na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

Com amplos apoios e uma capilaridade por todas as regiões de Pernambuco, a candidata a deputada federal Iza Arruda, 35 anos, conseguiu ser a segunda mulher eleita pela sigla no Estado. Ela é presidente estadual do MDB Mulher e filha do Prefeito da Vitória de Santo Antão, Paulo Roberto (MDB). Neófita na política, Iza teve o apoio dos ex-prefeitos Elias Lira e Demétrius Lisboa, do vice-prefeito Professor Edmo Neves (PSDB), além da maioria dos vereadores da Câmara Municipal. Com uma gestão bem avaliada, Paulo Roberto conseguiu com esse grupo político dar a sua filha uma surpreendente e espetacular votação.

Com 31.987 votos obtidos em Vitória de Santo Antão, bem como 3.039 votos na vizinha cidade de Pombos, Iza Arruda foi a mais votada em ambos os municípios. Ela é a primeira mulher na história de Vitória a conquistar uma vaga na Câmara dos Deputados. Desde a década de 70 o Município não tinha um filho (a) da terra eleito (a) para o cargo.

O empresário do ramo educacional Paulo Roberto em 2018 foi candidato a deputado federal e obteve 45 mil votos. O prefeito da Vitória de Santo Antão com o resultado de Iza eleita se consolida como pujante liderança política, com forte protagonismo para buscar sua reeleição à Prefeitura em 2024, além do que é o mais importante frisar, ele naturalmente assume a liderança do grupo político, antes capitaneado pelo ex-prefeito Elias Lira e o deputado estadual Joaquim Lira (PV), que historicamente polariza eleitoralmente com a família Queiralvares.

Tanto Paulo Roberto e Iza Arruda, quanto o empresário Alexandre Ferrer, secretário municipal da Indústria e Comércio, devem pautar os próximos passos do MDB de Pernambuco daqui em diante, pois conquistaram musculatura política suficientes para oxigenar e coordenar o legado do senador Jarbas Vasconcelos, figura ícone da sigla no Estado.

Outro fato eleitoral inédito em Vitória foi os nomes de quatro mulheres que estiveram entre as primeiras mais votadas para o cargo de deputada federal, antes campo dominado por candidatos homens. Além de Iza Arruda com 42,37% dos votos válidos no Município, as urnas vitorienses sufragaram para a empresária do ramo hospitalar Socorrinho da Apami (UB) precisamente 15.726 votos, totalizando em todo Pernambuco 24.966 votos.

Ao contrário de Socorrinho da Apami que não foi eleita, a terceira mulher mais votada em Vitória de Santo Antão foi Clarissa Tércio (PP) que obteve 3.476, sendo eleita deputada federal no Estado com 240.511 votos (segunda mais votada). Outra mulher com destacada votação na cidade foi a produtora cultural Herika Araújo (PDT) que recebeu 1.081 votos vitorienses, totalizando no geral com 1.839 votos.

Dra. Manuela Ângelo (PP)

Outra mulher vitoriense, além de Iza – Socorrinho – Herika, que também disputou a vaga para deputada federal foi a advogada Manuela Ângelo da Silva, de 41 anos, que teve no Partido Progressista (PP) apenas 241 votos em Vitória, totalizando em todo o Estado precisamente 746 votos.

OUTROS VITORIENSES:

Outros nomes com domicílio eleitoral em Vitória de Santo Antão que buscaram o voto para federal perante a forte campanha dessas três mulheres vitorienses candidatas, são precisamente quatro homens. Candidatos em pleitos eleitorais anteriores, o empresário Antônio de Lemos disputou o cargo de deputado federal pelo Partido Liberal (PL), sigla do atual presidente Jair Bolsonaro, obtendo em Vitória apenas 283 votos, ficando com o total de 945 votos em Pernambuco.

Outro cidadão também conhecido por disputar inúmeras eleições no Município, o técnico contábil e ex-vereador Edvaldo Francisco dos Santos, conhecido por Índio, obteve pelo partido Solidariedade 379 votos. Índio registrou 989 votos no total.

Lemos, Índio, Genário e Allan Lira.

Também conhecido em várias eleições, Genário Rocha de Oliveira disputou uma vaga para Federal pelo PRTB. Conhecido como ‘Genário do Cavalo’, o candidato obteve somente 95 votos em Vitória e em todo o Estado 129.

Já o vitoriense candidato a Federal pelo Patriotas, o servidor público e analista de sistemas Allan Barbosa de Lira, disputou pela segunda vez o cargo. Allan Lira obteve 62 votos, fechando com 259 em Pernambuco.

Apuração dos mais votados para Deputado Federal em Vitória de Sto. Antão – Eleições 2022:

Iza Arruda (MDB) 31.987 (Eleita)

Socorrinho da Apami (UNIÃO) 15.726

Clarissa Tércio (PP) 3.476 (Eleita)

Eriberto Medeiros (PSB) 2.223 (Eleito)

Túlio Gadelha (REDE) 1.758 (Reeleito)

André Ferreira (PL) 1.466 (Reeleito)

Ossesio Silva (REPU) 1.278

Pastor Eurico (PL) 1.112 (Reeleito)

Herika Araújo (PDT) 1.081

Pedro Campos  (PSB) 930 (Eleito)