• Ceclin
jan 01, 2014 0 Comentário


Vitória de Santo Antão registra primeiro homicídio do ano; acusado do crime foi preso em flagrante

(Vítima chegou a ser socorrida - Fotos: José Sebastian / A Voz da Vitória).

Por Marcio Souza, com informações de José Sebastian

Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata do Estado, registrou seu primeiro homicídio em 2014. Uma pessoa foi morta com uma facada na altura do peito na manhã desta quarta-feira (1º), no Bairro Lídia Queiroz, área urbana da cidade.

De acordo com informações, o crime ocorreu quando a vítima levava sua namorada em um veículo até o Engenho Cachoeirinha, localizado entre Vitória e Escada, na Mata Sul.

O acusado teria se aproximado do rapaz, quando diminuía a velocidade em uma lombada, desferindo o golpe fatal. José Antônio dos Santos, 31 anos, chegou a ser socorrido ao Hospital João Murilo de Oliveira, em Vitória, mas veio a óbito.

Diante do crime, um amigo dele, de nome não identificado pela Polícia, viu a ação e desferiu uma garrafada no agressor, identificado como José Amâncio da Silva, de 57 anos, conhecido como “Covarde pedreiro”, que foi imobilizado até a chegada da Polícia Militar. Ele também foi encaminhado ao hospital local para tratar o ferimento, e logo após levado a Delegacia da Cidade, onde foi apresentado.

(José Amâncio foi levado a sede do DHPP).

Com sintomas de embriaguez, o acusado do crime alegou na Delegacia ter discutido com José Antônio por motivos fúteis, mas depois não soube confirmar a informação, o que leva a crer que a discussão ocorreu com outra pessoa, e não a vítima fatal. De acordo com informações da irmã do acusado, repassadas à Polícia, não há nenhum vinculo de ligação entre assassino e vítima, o que levanta a hipótese de morte por engano.

Essa hipótese foi confirmada pela esposa do acusado logo após. Na Delegacia ela afirmou que a pessoa com quem seu marido havia discutido não seria José Antônio, e sim outra pessoa a qual não soube descrever precisamente.

Indignados, familiares da pessoa morta estiveram na Delegacia do município para acompanhar os procedimentos policiais. José Amâncio, foi levado a sede do DHPP para ser autuado. O acusado ficará a disposição da Justiça.