Ceclin
abr 13, 2015 0 Comentário


Vitória de Santo Antão ostenta estranho destaque no Bolsa Família, observa Elias Martins

bolsa-familia-iiPor Elias Martins           

Há muito venho acompanhando os números do Município da Vitória de Santo Antão em relação ao volume de famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família, do Governo Federal, coordenado pelo setor de Assistência Social da Prefeitura local.  Qual a melhor forma de mostrar que há algo de estranho nestes números?

Pois bem. Preste atenção nos números da Vitória de Santo Antão:

População: 134.871 habitantes (Fonte: IBGE 2012)

Residências (Famílias): 39.461 – Urbana: 34.851 – Rural: 4.610 (Fonte: Censo 2010)

PIB 2012: 1,950 (bilhão de Reais) (Fonte: IBGE 2014)

Bolsa Família (Situação Pobreza e Extrema Pobreza): 22.127 famílias em março de 2015.

Estes números indicam que 56,07% de toda a nossa população é Pobre, ou Extremamente Pobre.  Você acredita nisso?  Eu não!  Só em março de 2015, foram despejados R$ 3.284.540,00 nas mãos dos supostos Pobres ou Miseravelmente Pobres Vitorienses. Em 2014, R$ 37.047.169,00 (maior que a receita de mais da metade dos municípios Pernambucanos).

A pergunta que não quer calar! Como é que uma administração recebe uma cidade em janeiro de 2009 com 19 mil Bolsas Família, vai de 883 milhões (2008) para 1,950 bilhão de Reais (2012) de crescimento de PIB (produção de riquezas anuais), e o número de famílias em Situação de Pobreza e Extrema Pobreza, cresce na contramão dos bons números da cidade nos 04 anos em destaque?

Estamos falando de Recursos Federais, que infelizmente estão sob o comando dos politiqueiros gestores municipais.

O Ministério do Desenvolvimento Social, a Controladoria Geral da União (CGU) e Ministério Público Federal (MPF) precisam conhecer melhor as ações da atual Administração de Vitória de Santo Antão em relação ao Bolsa Família.

Porque falo isso? Observem o quadro abaixo:

mapa bolsa familia

As cidades do Sul e Sudeste, apresentam um número aparentemente mais equilibrado com um percentual entre 7 e 11% das famílias residentes, mesmo no caso de Araucária-PR, que apresenta um Super PIB em relação aos municípios comparados.

bolsa_familia_charge               Os recursos de Bolsa Família pagos mensalmente em Vitória de Santo Antão, aproximam-se de todos os valores enviados mensalmente para o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica – FUNDEB, ou 150% de todos os recursos Fundo à Fundo destinados a rede de Saúde do nosso município.

                 ESTAMOS DE 

olho