Ceclin
out 02, 2016 0 Comentário


“Vitória ainda prevalece o abuso do poder econômico”, afirma o Professor Edmo

Edmo e Zé da Juliana

Candidato a prefeito da Vitória de Santo Antão pela Coligação Vitória Avança que reúne o PMN, PTB e PT, o Professor Edmo Neves declarou ao A Voz da Vitória após ter votado na manhã deste domingo em sua seção eleitoral instalada no Colégio e Curso Projeção, no Bairro do Livramento, que esta eleição foi marcada pelo desrespeito as normas vigentes.

Acompanhado pelo seu vice Zé da Juliana Móveis (PTB), Edmo foi indagado sobre o que aprendeu durante esta eleição. O Professor considera que a vontade de mudar os rumos políticos de Vitória foi cristalizada diante das questionáveis formas praticadas pelos grupos que estimulam a polarização na cidade. “Percebemos na população o anseio de mudança. Fizemos um palanque propositivo, defendendo uma gestão participativa que nos levem a fazer um governo de bons resultados, como fiz enquanto no mandato de vereador”, frisou ele.

O candidato avalia que o seu palanque mostrou as pessoas que é capaz de fazer uma mudança tranquila nos caminhos políticos de Vitória e que a sua chapa contribuiu para que as pessoas refletissem sobre o cumprimento das políticas públicas e que não se deve governar apenas para a Matriz e o Livramento. Sobre o atual pleito, Edmo foi taxativo: “Vitória ainda prevalece o abuso do poder econômico e foi muito forte nesta eleição. As pessoas que buscam mudança daqui em diante devem ficar atentas quanto a isso. Infelizmente não tivemos quem coibisse esta prática, nem o povo, nem o MPPE, a força policial e nem o Judiciário, talvez por falta de estrutura. Esta eleição foi de forte abuso e afronta as regras eleitorais. O que nos deixa de consciência tranquila é de que nossa postura deu provas que somos a verdadeira mudança para a renovação política e temos um grupo que vai promover um choque de gestão”, sintetizou.