Ceclin
nov 06, 2011 0 Comentário


Vitória abre vantagem nas sêmis da Copa Brasil

Torcida incentivou do começo ao fim - foto Divulgação

Tricolor das Tabocas está com 100% de aproveitamento na temporada.

Depois de vencer o Rio Preto-SP, por 2×0, no último sábado à noite, no Carneirão, em Vitória de Santo Antão, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil de futebol feminino, o Acadêmica Vitória chegou ao 15º resultado positivo consecutivo na temporada. São seis jogos pela competição nacional e nove pelo Pernambucano. A última derrota do Tricolor das Tabocas em um torneio oficial foi em setembro do ano passado.

Apesar do retrospecto, o técnico Kleiton Lima evita o clima de “já ganhou” para a partida da volta contra as paulistas, marcada para terça-feira (08), às 15h (do Recife), em Rio Preto (SP). “Precisamos manter o equilíbrio para fazer um bom jogo e trazer a classificação. Será uma partida muito difícil. Se pudermos manter os 100% ótimo, mas a meta é avançar independente do resultado”, comentou o treinador, que não poderá contar novamente com a meia Bia e a lateral-esquerda Joice, que se recuperam de contusões. Um empate, ou até mesmo uma derrota por um gol de diferença garante a vaga para o time pernambucano.

Os gols saíram no segundo tempo com Thorunn, aos 11 minutos e Carol Baiana aos 33. Nesta partida o Vitória voltou a bater recorde de público e renda na competição. A nova marca é de 4.456 pagantes para uma renda de R$ 20.000,00 (vinte mil Reais).

Já o Rio Preto terá duas jogadoras importantes retornando ao time. A atacante Darlene e a defensora Thaynara. “São duas grandes atletas. A Darlene é uma baita jogadora e já esteve comigo na seleção. A Thaynara marca muito forte”, afirmou o técnico, que deve repetir a mesma formação para terça.

Além dos quase 4.500 torcedores, algumas figuras ilustres estiveram na torcida do time pernambucano, a exemplo do presidente da Federação Pernambucana de Futebol (F.P.F), Evandro Carvalho, da Secretária Estadual de Esportes, Ana Cavalcanti e do prefeito da cidade da Vitória de Santo Antão, Elias Lira.