Ceclin
fev 10, 2022 0 Comentário


Vice-prefeito da Vitória de Santo Antão amplia espaço para diálogo com a população  

Em 2021, primeiro ano de gestão, cerca de 550 pessoas foram atendidas por mês no gabinete do Professor Edmo Neves (PSDB), vice-prefeito da Vitória de Santo Antão, na Mata Sul pernambucana.

A fim de ampliar esse contato com a população, uma das marcas dos mais de 30 anos de vida pública do Professor Edmo, a vice-prefeitura lançou nesta quinta-feira (10.02) o projeto “PODEMOS AJUDAR?”

“A ideia, a serviço do povo vitoriense sob o comando do prefeito Paulo Roberto (MDB), é ter um novo espaço para que os moradores possam trazer pra gente questões que precisem ser resolvidas pela Gestão Pública Municipal. Foi por isso que usamos a expressão no plural ‘podemos’ porque é uma interlocução que fazemos entre a população e os órgãos da administração que são liderados pelo nosso prefeito”, explica  Neves.

Pelo projeto “PODEMOS AJUDAR?” o cidadão pode registrar qualquer tipo de problema que precise ser resolvido e o gabinete do vice-prefeito vai em busca de soluções. Lâmpada queimada, buraco em ruas, animais soltos, questão relacionada ao atendimento em órgãos públicos e até as denúncias vão ser encaminhadas aos secretários e diretores de autarquias, para que possam tomar as providências.

“Pode ser um caso que já esteja na nossa extensa pauta de serviços públicos a serem executados pela gestão Paulo Roberto e Professor Edmo e assim podemos esclarecer ao morador que logo em breve estará resolvido”, comentou o professor.

O vice-prefeito deixou claro também que além de receber a informação e buscar a solução o gabinete estará empenhado em sempre fazer contato com os moradores e levar a resposta. Por isso, é muito importante que seja deixado no formulário o número do WhatsApp.

Por sua vez, o Professor Edmo disse ainda que acredita que com a participação popular Vitória ficará muito melhor, além de colocar o morador como centro dessa mudança o tornará responsável pela manutenção da melhoria.

PARTICIPAÇÃO – O morador que quiser participar basta clicar no link que está no final dessa reportagem para o registro da informação. Basta colocar sua identificação, o endereço e a descrição do problema que queira ser informado. Link para registro: https://url.gratis/qSrNjo