• Ceclin
jul 03, 2019 0 Comentário


Vereadores disputarão a primeira Eleição sem coligação proporcional

A partir dessa eleição em 2020 acaba a coligação proporcional (junção de legendas partidárias em única chapa), ou seja, só vai haver coligação na majoritária (cargos do Poder Executivo). Isso significa que serão eleitos os vereadores mais votados. Diferente das outras eleições aonde muitas vezes um vereador com uma excelente votação ficava de fora e outro com muito menos votos era levado a condição de parlamentar.

Tudo isso em função da coligação de vários partidos na qual ele estava e onde os votos de todos da coligação eram somados e a partir daí se sabia quantos candidatos daquela união assumiriam o mandato em função do quociente eleitoral.

O quociente eleitoral é a divisão da quantidade de votos válidos obtidos pelos candidatos pela quantidade de vagas na Câmara, quando depois se definia os que dentro da coligação tiveram mais votos, e assim se praticava os cálculos eleitorais para legitimar os eleitos.

Agora não, agora só vai ser eleito os vereadores mais votados em sua legenda, ou seja quem tem voto vai ser vereador, quem não tem já era…

Blog do Tomaz Aquino