Ceclin
set 10, 2017 0 Comentário


Vereadores de Glória do Goitá estão entre os mais caros de Pernambuco

camara de glória do goitáMatéria publicada neste domingo (10/9), no Jornal do Commercio traz estudo da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), com apoio do Sebrae e Conferência do Ministério da Fazenda, que aponta os gastos com o Poder Legislativo. No Brasil, pelo menos 707 cidades gastam mais para manter seus vereadores do que conseguem levantar de arrecadação própria, aponta um estudo.

Dessas, 14 estão em Pernambuco. São cidades pequenas, muitas com menos de 20 mil habitantes, que não conseguem levantar grandes quantias de IPTU, ITBI, ISS, além de taxas e contribuições. Na Mata Norte, aparecem no ranking as Câmaras de Lagoa do Carro, Nazaré da Mata e Glória do Goitá. Destaque na RMR, a pequena Araçoiaba, que possui um dos piores IDH’s do País. Enquanto na Mata Sul as cidades que pontuam em gastos maiores com Legislativo são Maraial e Rio Formoso.

Arte publicada no Jornal do Commercio deste domingo (10/9/17)

Arte publicada no Jornal do Commercio deste domingo (10/9/17)

O levantamento, que usa dados de 2016, foi feito com base nos 3.762 municípios que apresentaram suas informações de contas anuais à Secretaria do Tesouro Nacional.

O cálculo das despesas legislativas inclui o pagamento de remuneração de vereadores e assessores, ajudas de custo e a manutenção dos gabinetes. Segundo a CACB, a preocupação é que esses gastos tenham impacto na execução de políticas públicas e no desenvolvimento da economia local.

Informações do JC