• Ceclin
dez 30, 2011 4 Comentários


Vereadores da Vitória de Santo Antão se presenteiam no final de ano

Discretamente, vereadores aumentam os cargos comissionados

Em caráter extraordinário a Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão esteve reunida na noite da quarta-feira (28) para atender ao pedido de convocação de urgência feito pelo Prefeito Elias Lira (PSD), após o Presidente da Casa, José Aglaílson (PSB), ter encerrado o período legislativo 2011 sem apreciar os projetos de Lei do interesse da Prefeitura. O que gerou um impasse político entre Aglaílson e Lira, pelo qual motivou o Prefeito a usar das prerrogativas da Lei Orgânica do Município para forçar a Mesa Diretora à desengavetar os projetos.

Aproveitando a polêmica em torno dos inúmeros projetos de Lei referentes as doações de terrenos públicos às pessoas físicas e jurídicas, a Mesa Diretora da Casa Diogo de Braga colocou em votação os únicos projetos votados nesta sessão, os quais passaram desapercebidos pela maioria dos que acompanham os trabalhos legislativos, inclusive parte da imprensa local. A aprovação destes dois projetos de lei tratam de benefícios aos trabalhos parlamentares, quando um aumenta em mais doze (12) cargos comissionados e o outro fala da aquisição de um automóvel. 

O aumento no número de cargos comissionados na Câmara de Vitória conta com a autoria inicial de Pedro Queiroz (PPS), onde acabou sendo reelaborado pela Mesa da Câmara. Com a possibilidade em 2012 de haver um aumento significativo no repasse do duodécimo (que é a verba mensal repassada pelo Executivo ao Legislativo), a proposta permite criar mais doze cargos em diversos níveis para os gabinetes. 

Os dois projetos de Lei aprovados nesta semana fazem uma mudança na reorganização do quadro funcional da Casa, acrescentando mais 12 cargos – os quais, dois seriam para o Presidente (um de R$ 3.000 e o outro de R$ 2.500), além dos demais – 10 cargos –  de R$ 2.500 para cada um dos vereadores. O outro projeto de Lei autoriza a compra de um novo carro para a Câmara Municipal.

Traduzindo…

O Presidente José Aglaílson contará com mais dois cargos no valor de R$ 3.000,00 e de R$ 2.500,00, respectivamente.

Os demais 10 vereadores cada um deles contarão com mais um cargo no valor de R$ 2.500,00.

É um auto presente dos bons no final de ano ou não é? 

Leia na íntegra como foi a última reunião de 2011 dos vereadores da Vitória de Santo Antão AQUI.