• Ceclin
mai 14, 2008 6 Comentários


Vereador Geraldo Enfermeiro isolado

Presidente da Câmara: Geraldo colhe equívocos políticos.
O Presidente da Câmara de Vereadores da Vitória de Sto. Antão, José Geraldo Gomes de Araújo (Geraldo Enfermeiro) do PSB, entra novamente em um inferno astral pesado. É que há uma briga de espaço pela Direção do Hospital João Murilo em Vitória, pelo qual ele atua naquela unidade hospitalar e tem a benção política do Dep. estadual Aglaílson Júnior (PSB). Porém, quando José Aglaílson renunciou o mandato de prefeito em fevereiro passado, entrou em rota de colisão com o Presidente da Casa Diogo de Braga. Pois o desejo do ex-prefeito era ter posto sua filha, Adriana Queralvares, como Diretora daquela unidade hospitalar do Governo do Estado.
Recentemente, o José Aglaílson mostrou-se mais uma vez indignado com a posição irredutível do seu aliado. Segundo fontes ligadas ao grupo deve-se ao fato da administração do Hospital estar ineficiente, bem como os interesses políticos daquele hospital ser capitaneado tão somente para o Vereador Geraldo Enfermeiro. A gota d’água foi a ausência dele quando foi anunciado o nome do médico Edvaldo Bione para ser o vice do Prefeito Demetrius Lisboa nas eleições deste ano, ao qual todos os vereadores e aliados compareceram no estúdio da TV Vitória, menos Geraldo.
Diante da crise política instalada no PSB da Vitória de Sto. Antão, o ex-prefeito José Aglaílson não poupou o seu aliado e se dirigiu por telefone ao vivo na Rádio Cultural AM, chamando Geraldo Enfermeiro de “traidor”. Houve a partir daí pesadas críticas, não cansando de repetir tudo que ele havia falado de Geraldo em fevereiro, confirmando que o Vereador não merece a confiança do povo de Vitória de Sto. Antão.
Segundo dirigentes do PSB local a situação política de Geraldo Enfermeiro é extremamente delicada. Corre o risco inclusive, de não sair candidato a Vereador nas próximas eleições, possivelmente não vão permitir a homologação de seu nome na Convenção do partido que acontecerá em junho. Porém, segundo importantes líderes do PSB, esta situação será contornada, “não vejo que isso possa abalar a nossa coligação, em breve vamos resolver estas confusões”, concluiu a fonte.
Não é de hoje que o vereador Geraldo Enfermeiro atrai desentendimentos políticos. Há fatos anteriores que o mesmo desrespeitou movimentos populares na sua gestão como presidente, não atende com boa vontade os pedidos de instituições partidárias, costuma adotar críticas de ordem pessoal para agredir lideranças políticas que discordem de sua suposta autoridade. Não é surpresa que até Aglaílson tenha estranhado o presidente do legislativo.

por Lissandro Nascimento.