Ceclin
set 12, 2016 0 Comentário


Vereador e gerente de posto do INSS são presos por fraude em aposentadorias

fraude no Cabo

Por TV Jornal  

A Polícia Federal desarticulou, na manhã desta segunda-feira (12), uma quadrilha especializada em fraudar aposentadorias de trabalhadores rurais. A operação batizada de “Manager” teve como alvo um grupo que agia nos municípios do Cabo de Santo Agostinho e São Lourenço da Mata, no Grande Recife. De acordo com a Polícia, o vereador Amaro Norato da Silva, conhecido como Amaro do Sindicato, aliciava o trabalhador e o levava para se aposentar na Agência da Previdência Social (INSS) de São Lourenço da Mata, onde Abelardo Severino das Chagas era o gerente.

Os dois conseguiam os dados das aposentadorias e concediam o benefício irregularmente. O esquema foi denunciado por técnicos do INSS, que acionaram a Polícia Federal. O prejuízo com as aposentadorias fraudulentas aos cofres da União chegam a R$ 34 milhões, levando em consideração o período entre junho de 2013, quando as investigações começaram, até abril deste ano. Estima-se que mais de mil trabalhadores tenham se aposentado de forma fraudulenta.

Ao todo, foram expedidos dois mandados de prisão preventiva, seis de busca e apreensão e quatro de condução coercitiva. Os envolvidos no esquema vão responder por estelionato qualificado, falsidade ideológica, inserção de dados falsos no sistema e associação criminosa. Se condenados, podem pegar até 30 anos de prisão.