Ceclin
abr 19, 2008 1 Comentário


Vera Cruz dá R$ 20 mil como prêmio

Diretoria oferece estímulo para confronto pela permanência na elite do Pernambucano contra o Porto, que já está matematicamente livre do rebaixamento à Série A2 de 2009

O Vera Cruz depende somente das próprias pernas para se livrar do rebaixamento à Série A2 do Campeonato Pernambucano e, a partir das 16h de hoje, no Estádio Carneirão, em Vitória de Santo Antão, pela última rodada da Série A1, enfrenta um adversário que não vislumbra mais nada na competição. O oponente a ser batido é o Porto, com 25 pontos, e matematicamente livre da degola desde a rodada passada.
O Vera Cruz pode permanecer na elite estadual até mesmo com uma derrota, desde que o vice-lanterna Centro Limoeirense perca para o Santa Cruz no Arruda e o lanterninha Sete de Setembro não vença o Petrolina no Gigante do Agreste, em Garanhuns. O tricolor de Vitória está na antepenúltima colocação do hexagonal, com 19. No momento, supera o Centro no número de vitórias dentro do grupo de descenso (2×1).
A diretoria do Vera Cruz determinou uma premiação especial em caso de permanência. De acordo com o presidente do clube, Fernando Nogueira, o grupo vai receber R$ 20 mil. “Determinamos isso por objetivo conquistado, independentemente do resultado de amanhã (hoje). A situação financeira é difícil, ainda não recebemos a última parcela do Todos com a Nota, mas estamos dando esse estímulo a mais para os jogadores”, afirmou o dirigente.
Nogueira, aliás, não acredita que o Santa Cruz, mesmo livre do rebaixamento, vá amolecer o confronto com o Centro Limoeirense. “Joguei lá e conheço muito bem a seriedade do clube. Atualmente, tem um grupo de profissionais sérios e vai entrar em campo para ganhar. Não acredito que entrem apenas para fazer número”. O presidente do Vera Cruz compôs o grupo campeão pernambucano de 1993 pelo tricolor do Arruda. (Jornal do Commercio).