Ceclin
jan 02, 2020 0 Comentário


Veja os 7 concursos mais aguardados de 2020

concursos mais aguardados de 2020

Com o endurecimento das regras para a abertura de concursos no âmbito federal , muitos concurseiros estão desanimados e isso pode ser prejudicial na preparação de quem almeja a tão sonhada estabilidade profissional. Achou que a gente ia te deixar na mão? Achou errado.

Separamos sete concursos com previsão de abertura em 2020 e com grande número de vagas. Um da área fiscal (Receita Federal); dois da área policial (Polícia Federal e Polícia Civil-RJ), um da área bancária (Banco Central); um legislativo (Senado), um da área administrativa (INSS) e um da área jurídica (DPU) – tem para todos os gostos. Vamos ver o andamento e os requisitos de cada um?

Senado Federal

Se liga que esse vem logo, hein. O concurso do Senado Federal é um dos mais cobiçados por quem sonha em atuar na área legislativa. Se esse é o seu caso, pode começar a estudar: no último dia 3 de outubro, o órgão publicou no Diário Oficial da União a autorização para realizar o certame. São previstas 40 vagas em três carreiras: Policial Legislativo, Analista e Advogado. Os salários variam de R$ 19.427,79 (policial legislativo) até R$ 33.461,38 para Advogado.

Para nível médio, as vagas serão para a Polícia Legislativa; já os que possuírem o nível superior poderão tentar cargos de Advogado e Analista Legislativo, com as seguintes especialidades: Administração, Arquivologia, Assistência Social, Contabilidade, Enfermagem, Informática Legislativa, Processo Legislativo, Registro e Redação Parlamentar, Engenharia do Trabalho e Engenharia Eletrônica e Telecomunicações.

Receita Federal

A Receita Federal do Brasil já solicitou ao Ministério da Economia autorização para realizar certame e prover vagas para as carreiras de Auditor -Fiscal, Analista Tributário e Assistente Técnico Administrativo (concurso Receita Federal). O órgão passa por escassez de servidores, pois o último concurso da RFB foi realizado em 2014.

Em 13 de agosto, foram solicitadas 3.314 vagas ao Ministério da Economia para um novo concurso na Receita Federal em 2020. De acordo com a Receita Federal do Brasil (RFB), 1.453 dessas vagas são para o cargo de Analista Tributário, com salário de R$ 12.142 e as outras 753 são para o posto de Auditor Fiscal, com remuneração de R$ 21.487.

Polícia Federal

A Polícia Federal encaminhou pedido ao Ministério da Economia para realizar concurso com 3.103 vagas para áreas de carreira e 357 para cargos da área administrativa. As remunerações iniciais variam de R$ 4.746,16 a R$ 7.847,95.

Conforme esse pedido, haverá vagas para nível médio e superior. A minuta não discrimina quais serão os cargos de carreira contemplados no edital. Mas, para a área administrativa, são previstas 62 vagas para médicos, 18 vagas para administrador, 14 para assistente social, 9 para contador, 9 para psicólogos, 8 para arquivista, 2 de enfermeiro e 1 para farmacêutico.

Banco Central

Segundo a assessoria do Banco Central, foi solicitado um novo concurso para preencher 260 dos 2.768 cargos vagos no Bacen. Desses 260 postos vagos, 200 serão para o cargo de Analista, outras 30 serão para o cargo de Técnico e mais 30 serão para o posto de Procurador. Os salários iniciais são de até R$ 15 mil para os analistas

Vale lembrar que o presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou, em 11 de abril de 2019, o Projeto de Lei Complementar que institui a autonomia do Banco Central do Brasil. Assim, a autarquia terá independência operacional, administrativa e orçamentária. Se o texto for aprovado, a instituição não precisará mais pedir ao Ministério da Economia quando tiver necessidade de realização de novo concurso.

INSS

O Instituto Nacional de Seguro Social é outro órgão com possibilidade de abertura de novo edital em 2020. No dia 2 de outubro, foi realizada uma audiência sobre a situação da autarquia. Para o Ministério Público Federal, o INSS está com demanda crescente de serviços.

No pedido feito ao Ministério da Economia, o órgão de seguridade social pediu o provimento de 7.888 vagas – para se ter ideia, o INSS está com cerca de 22 mil postos vagos. O concurso prevê abertura de vagas em nível médio e superior e salários iniciais de até R$ 12 mil – veja mais do andamento do concurso INSS 2020.

Defensoria Pública da União

Um novo concurso público é aguardado para a Defensoria Pública da União (DPU) no novo ano. Isso porque, atualmente, o órgão atua com cerca de 70% do seu quadro (828 servidores) cedidos e o restante provido pelo último concurso da instituição, realizado em 2015. Sem concurso há cinco anos, a DPU correu o risco de fechar 43 unidades caso os servidores emprestados fossem devolvidos, o que estava previsto para acontecer em julho de 2019.

O Projeto de Lei 7.922/14 que prevê a criação de quadro próprio de servidores para a Defensoria foi aprovado em maio deste ano pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC). A proposta define a criação de 2.751 cargos, sendo 1.659 na carreira de Analista e 1.092 para Técnico. O Projeto de Lei 7.922/14 depende ainda de aprovação do plenário, mas a criação dos cargos está prevista no Projeto de Lei Orçamentária para 2020 (PLOA), aprovado em 17 de dezembro. A remuneração do cargo de Analista, que exige nível superior, varia entre R$ 7.323,60 e R$ 10.883,03. Já para Técnico, com exigência de nível médio, o salário inicial é de R$ 4.363,94.

Polícia Civil do Rio de Janeiro – PCRJ

O concurso público para a Polícia Civil do estado do Rio de Janeiro avança rapidamente. O órgão recebeu em audiência pública no dia 16 de dezembro as propostas das empresas interessadas em organizar o certame. O concurso ofertará 864 vagas e será dividido em duas licitações, uma para a seleção que ofertará 47 vagas para a função de Delegado e outra com 817 vagas nos cargos de Auxiliar Policial de Necropsia, Técnico Policial de Necropsia, Inspetor de Polícia, Perito Legisla, Investigador Policial e Perito Criminal.

Os dois editais devem ficar para 2020, mas é importante que os interessados se preparem desde agora, visto que a previsão é de que o concurso atraia 135 mil candidatos. Considerando o déficit de 14 mil agentes da PCRJ, há chances de que os aprovados como excedentes sejam convocados durante o período de validade do concurso.

A função de Delegado da PCRJ tem como remuneração R$ 18.747,95 e exige graduação em Direito. Para os demais cargos os salários variam entre R$ 4.506,27 e R$ 10.149,95, e a exigência é de nível fundamental, médio ou superior. O projeto básico do concurso já foi divulgado e mais informações sobre as etapas do certame, taxa de inscrição e número de vagas por cargo você encontra aqui.

Fonte: TNH1

Departamento Penitenciário

O Ministério da Economia autorizou a realização de concurso público para 309 cargos do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão subordinado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. O aval consta de portaria publicada em edição do Diário Oficial da União (DOU) de terça-feira (31/12). Do total de vagas do concurso, 294 serão para agente federal de execução penal e 15, para especialista federal em assistência à execução penal.

Segundo o ato, o provimento dos cargos dependerá de prévia autorização do Ministério da Economia e está condicionado à existência de vagas na data de publicação do edital de abertura das inscrições para o concurso público; à sua expressa autorização em anexo próprio da lei orçamentária anual e à observação das restrições impostas pela lei de diretrizes orçamentárias; e à declaração do ordenador de despesa responsável, quando do provimento dos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa e sua compatibilidade com as leis orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados. A portaria estabelece que a responsabilidade pela realização do concurso público será do secretário executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública. “O prazo para a publicação do edital de abertura do concurso público será de até 6 (seis) meses, contado a partir da publicação desta portaria”.