Ceclin
abr 06, 2011 2 Comentários


Vandalismo com Assinatura

por Adriano Campelo


Trata-se dos “Rebeldes sem causa” que buscam ter cada vez mais identificação com as facções dos grandes centros urbanos, agem inconsequentemente contra a ordem pública e vez por outra estão nas páginas policiais, quando a sociedade confere os seus atos de vandalismo contra o patrimônio.

Uma onda que vêm desde já literalmente marcando a cidade da Vitória de Santo Antão é uma sequência de pichações e destruições que por onde passam têm deixado vários prejuízos.

O vandalismo registra sua marca, muitas vezes com a sigla MB (fotos). Na busca em descobrir seu significado, informações atestam que a mesma originou-se de uma Torcida Organizada do Santa Cruz, da comunidade Mário Bezerra, próximo ao Centro da Vitória.
Esta abreviatura foi usada em diversos tipos de paisagens do Município, tanto nas de ordem natural quanto nas artificiais, a exemplo das esculturas históricas.

Estes ‘rebeldes sem causa’ modificam nossas praças e monumentos à margem da impunidade. São adolescentes que não tiveram um adequado corretivo. Teme-se que no futuro se consolide uma geração de adultos pragmáticos em desrespeitarem as Leis.


por Adriano Campelo,
Correspondente do Blog.


CONFIRA AS FOTOS…