Ceclin
set 20, 2012 0 Comentário


Usuários de plano de saúde ficam sem atendimento em Vitória de Santo Antão

(Imagem: Internet)

Folha de Pernambuco

Usuários do plano América Saúde em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata do Estado, estão tendo dificuldades para agendar exames e consultas médicas. Reclamações feitas à Folha de Pernambuco dão conta de que consultórios e hospitais estão sendo descredenciados e que a empresa estaria passando por um processo de falência. Uma das usuárias que procurou a Folha, e pediu para não ser identificada, disse que chegou a ligar para o escritório do plano em Vitória e foi informada de que o município está sem cobertura. “Está metade suspenso e metade cancelado”, disse.

Outro usuário afirmou que é associado há dez anos e, até então, não havia tido problemas com o plano, mas esta semana foi informado de que teria que procurar atendimento no Recife, porque o plano está descredenciando os médicos em Vitória. Duas clínicas do município, o Centro Hospitalar Santa Maria e o Centro Clínico da Vitória (CECLIN), informaram por telefone que o atendimento pelo plano está suspenso.

A partir de reclamações, a reportagem procurou responsáveis pelos serviços da VIP Saúde (nome jurídico da América), que desmentiram as informações de descredenciamento e falência, e afirmaram que o serviço está funcionando normalmente. Sobre as clínicas, o América Saúde respondeu que o Santa Maria assina renovação de contrato hoje e que o CECLIN será contatado para informar os motivos da suspensão do serviço.

Sobre o caso, a Agência Nacional de Saúde (ANS), órgão público responsável pela saúde suplementar no País, disse que não há registro de falência ou suspensão do serviço da América Saúde. Os usuários desses e de outros planos que tiverem problemas devem procurar a Agência pelo Disque ANS ou através do formulário de atendimento no site. A Agência atende também pela Central de Atendimento ao Consumidor ou pessoalmente nos núcleos do órgão espalhados pelo Brasil. Em Pernambuco, a ANS atende no Recife, na avenida Lins Pettit, 100, Ilha do Leite.

O coordenador geral do Procon Pernambuco, José Rangel, disse que casos como esse, quando há falta de atendimento, os usuários de planos de saúde também devem procurar o órgão para denunciar. A reclamação deve ser feita diretamente ao setor de fiscalização do Procon.