• Ceclin
ago 06, 2011 0 Comentário


Um saudoso registro

No dia 04 de agosto foi sepultada a senhora Margarida Montenegro, aos 91 anos. Ela faleceu no dia 03, no Centro Hospitalar Santa Maria, em Vitória de Santo Antão.

Ela deixou órfã seus filhos Evandro, Eugenia Montenegro, professora do Colégio Magistério, Antão Montenegro ex-funcionário do Bandepe e Evanio Montenegro carteiro desta cidade, todos leitores deste Blog.

Ex-professora de corte, costura e artes (bordado, tricô, tapetes etc.) no Grupo Pedro Ribeiro. Quem teve o privilégio de conhecê-la, sentiu de perto qual o significado da palavra amor pelo próximo.

Segue abaixo uma simples homenagem a ela feita pelos seus entes queridos, compartilhada pelo Blog:

“Margarida, não foste apenas o nome de uma linda flor, mas uma grande guerreira, mulher de fibra, de personalidade. Sinônimo de: Amor, caridade, bondade… A amiga certa das horas incertas. Querida mãe, se antes eu tinha o prazer em dizer: sou filho de Margarida Montenegro, hoje esse prazer tem uma dimensão maior, pois a sua história, jamais será apagada.

A sua biografia com certeza, será escrita em vários volumes, como também, não será surpresa, para quem conviveu com ela, se um dia essa história de vida for escolhida como tema de uma redação, uma monografia, trabalho científico, tese de um mestrado ou doutorado. Perdemos a nossa Madre Tereza, mas ganhamos uma luz, que estará sempre a nos brilhar”.