Ceclin
mar 17, 2010 4 Comentários


UFPE/CAV apresenta projeto de saúde para Vitória de Santo Antão

Em sintonia com os anseios da Vitória de Santo Antão a UFPE/CAV lança o Programa de Residência Multiprofissional de Interiorização em Atenção à Saúde, no Município da Vitória de Santo Antão.

Para isso foi feita uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde da Vitória de Santo Antão em conjunto com a Universidade Federal de Pernambuco/Centro Acadêmico de Vitória, a Secretaria Estadual de Saúde através do Hospital João Murilo e o Conselho Municipal de Saúde.
Para inteirar a população de Vitória sobre este assunto, os professores Paulo Santana e Eduila Couto foram até o estúdio da Rádio Tabocas FM (98,5) e falaram no Programa A VOZ DA VITÓRIA sobre esse projeto e muitos outros que a UFPE/CAV está trazendo para o Município.

Confira alguns pontos:

RESIDÊNCIA MÉDICA

O objetivo desse programa é formar profissionais de saúde qualificados para o desenvolvimento e a consolidação do Sistema Único de Saúde no interior e realizar ações de assistência integral e contínua à saúde da população.

O Programa terá duração de dois anos em tempo integral, carga horária 60 horas/semana, sendo 36 horas de atividades na atenção primária, 12 horas de plantão nos hospitais e 8 horas de atividades teóricas, como disciplinas, seminários e clube da revista e 4 horas para o currículo baseado no cuidado.
O programa disponibilizará 22 vagas para profissionais já formados, sendo cinco, para enfermeiros e nutricionistas e duas vagas para as profissões: educador físico, fonoaudiólogo, odontólogo, psicólogo, fisioterapeuta e farmacêutico. A avaliação do Programa será realizada sob o formato de seminário semestral e contará com a participação do Conselho Municipal de Saúde.

CLINICA ESCOLA

A clínica escola vai ser ofertada pelos estudantes de enfermagem, nutrição e farmácia do 6º período da universidade e supervisionado pelos professores e técnicos.
Esse programa que também será desenvolvido no Hospital João Murilo vai dar suporte no atendimento à população e ao mesmo dará tempo experiência aos alunos, capacitando-os para interagir com a população.

“A ideia é utilizar a estrutura que o Hospital João Murilo já fornece em conjunto com nossos técnicos e alunos dentro dos horários disponíveis”, concluiu os professores.

UFPE NA PRAÇA

O Projeto UFPE na Praça foi desenvolvido por alunos e professores da UFPE/CAV no final de 2009 quando foram realizadas algumas ações.

Devido ao grande interesse de alunos, professores e da comunidade foi enviado uma proposta ao Ministério da Educação e a Pró Reitoria de Extensão da universidade o qual foi aprovado.
“Conseguimos financiamento para equipamentos para levar a universidade até as praças de Vitória”, comemoraram.

O início será no dia 20 de março, na Praça da Matriz de Santo Antão, e na seqüência Bela Vista, Livramento e Redenção. Serão realizados todos os sábados até o fim do ano exceto nos feriados.

O UFPE na praça será feito em parceria com Secretaria de Cultura, movimentos sociais e parceria com outros projetos, terá ações voltadas para a saúde, avaliação e orientação nutricional, educação em saúde, orientação de enfermagem, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, ações culturais, oficina de dança de salão. Haverá pequenas palestras sobre violência, alcoolismo, tabagismo etc.

PROJETO FARMÁCIA VIVA

O projeto Farmácia Viva do será implantado no novo campus da UFPE. O objetivo é cultivar plantas medicinais para estudo e distribuição a população.
“Haverá um farmacêutico especializado para ensinar a população a tirar o maior rendimento dessas ervas, pois mesmo sendo naturais, o paciente precisa saber como usá-la, pois também oferece riscos e efeitos colaterais”, pontuou a professora.

NOVO CAMPUS

Perguntado sobre as novas instalações do CAV, o professor Paulo Santana nos informou que o novo Campus Universitário será instalado no terreno de 12 hectares disponibilizado pelo Governo Municipal. As margens da BR 232 em frente ao Posto Santa Cristina. O projeto foi aprovado pela Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão e em breve começa a ser construído o campus avançado.
Na área, que funcionará como um Campus II do CAV será construído o parque aquático do Curso de Educação Física, pista de atletismo e campo de futebol, salas de aula, laboratórios para os novos cursos, auditório e toda infraestrutura de pesquisa.

A professora disse aos ouvintes em um breve relato sobre os cursos que a UFPE tem oferecido no momento e os que estão sendo preparados para serem instalados em curto prazo.
“No momento estamos oferecendo para a população os cursos de Nutrição, Ciências Biológicas, Enfermagem, Educação Física que começa no 2º semestre e em breve teremos Biomedicina e Gestão em Saúde Pública”, informou.

Finalizando, os professores anunciaram a construção da Casa do Estudante no terreno ao lado da UFPE, projeto que será concluído no início de 2011, pelo qual vai oferecer 80 vagas para os estudantes de outros municípios.

Por Orlando Leite.