• Ceclin
out 25, 2012 5 Comentários


TSE anula eleição em Água Preta

O Plenário do TSE decidiu anular a eleição de Água Preta, na Mata Sul do Estado. O TSE avaliou a situação de Armando Souto (PDT), que disputou sub judice o pleito no município. O pedetista concorreu sem o apoio da legenda, inclusive com o presidente do partido em Pernambuco, Zé Queiroz (PDT), anulando a convenção, realizada em 17 de julho. Devido à situação, Souto teve seu registro indeferido, mas entrou com recurso e continuou na disputa.

No pleito, o pedetista computou 8.764 votos, o que representou mais de 50% dos votos do município, ficando em primeiro lugar na disputa. Em segundo veio o candidato do PSB, Eduardo Coutinho, que obteve 7.776 votos e na terceira posição o do PV, Tibério de Dito com apenas 74 sufrágios. Como os votos de Armando Souto foram anulados, se faz necessária uma nova eleição.

No recurso, Souto garantiu que o PDT voltou atrás passando a apoiá-lo e até homologou a sua convenção, mas de nada adiantou. Após a decisão do TSE houve carreata e muitos fogos foram soltados na cidade. A nova eleição em Água Preta deve ser marcada para fevereiro de 2013.