• Ceclin
ago 14, 2019 0 Comentário


Tribunal rejeita prestação de contas do ano de 2015 de Chã de Alegria

Marcos Gomes de Amaral, conhecido por Marcos da Roça

A prestação de contas do exercício financeiro do ano de 2015, da Prefeitura de Chã de Alegria, foi julgada irregular pelos conselheiros da Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE). O julgamento ocorreu na terça-feira (13/8), tendo o conselheiro substituto Marcos Nóbrega como relator do processo.

De forma unânime, os conselheiros decidiram pela rejeição das contas do Município que na época era administrado pelo ex-prefeito Marcos Gomes do Amaral, conhecido como Marcos da Roça (PCdoB). A decisão ainda cabe recurso.

GIRO MATA NORTE