Ceclin
nov 19, 2011 1 Comentário


Três indústrias e mais de mil empregos a caminho de Limoeiro

A rota do desenvolvimento começa a se consolidar no município de Limoeiro. Na manhã da sexta-feira (18), o prefeito Ricardo Teobaldo anunciou que na próxima sexta-feira (25), às 9h, assinará em conjunto com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, no Palácio do Campo das Princesas, em Recife, o protocolo de intenção para a instalação de 03 indústrias no município.

De acordo com o Chefe do Executivo, as empresas a serem instaladas na Princesa do Capibaribe atuam nos segmentos de calçados, malhas e guloseimas, com previsão para gerar, em média, 1500 empregos diretos. “Temos tratado os empresários com muita atenção, mostrando a receptividade do povo limoeirense e a potencialidade da nossa cidade. E, com isso, os resultados estão sendo positivos”, declarou Ricardo Teobaldo. “Com a chegada dessas indústrias estamos conquistando mais desenvolvimento e fortalecendo a nossa economia. Há mais de 40 anos não tínhamos a instalação de uma indústria em solo limoeirense”, destacou o gestor. Durante a solenidade, Teobaldo ainda adiantou que na próxima quarta-feira (23) estará reunido com os comerciantes de Limoeiro e as representações da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial e Industrial de Limoeiro (ACIL) e Associação das Micro e Pequenas Empresas (AMICRO), para debater sobre o novo ciclo desenvolvimentista que passa a cidade e a chegada das novas indústrias.

Somada a boa notícia, o prefeito também confirmou que o governador assinou a ordem de serviço para a elaboração do projeto, que visa à duplicação da BR-408 até o município de Limoeiro. Atualmente, a obra está planejada até a vizinha cidade de Carpina. “Estamos na luta ao lado do Governo para conquistar mais essa porta do desenvolvimento para Limoeiro e a Região Agreste Setentrional”, disse Ricardo, ao anunciar que está em negociação com a secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico a desapropriação de 60 hectares de terra em Limoeiro, para a implantação do Distrito Industrial.

Alfredo Neto / Assessoria de Imprensa