Ceclin
jul 21, 2020 0 Comentário


Três assassinatos demarcam terça-feira violenta em Vitória de Santo Antão

Corpo de Leandro estava em um imóvel abandonado. Imagem: PCPE/Divulgação

A terça-feira, 21 de julho, foi impactada por três crimes violentos letais em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana. O primeiro homicídio se deu durante a tarde na comunidade Conceição II vitimando um rapaz, a segunda ocorrência também envolveu outro jovem no Bairro Sítio do Meio, e o terceiro assassinato foi de uma mulher alvejada às margens da rodovia BR-232, todos no perímetro urbano do Município.

José Leandro Nunes Pereira, de 21 anos, foi o primeiro registro feito pela Polícia Civil no início da tarde desta terça, no Bairro Conceição, mais conhecido por Iraque II, onde a vítima morava em Vitória. Leandro já foi condenado pela prática de homicídio e esteve no sistema prisional por isso, contudo, segundo informações da Polícia, a vítima pode ter sido assassinada por disparos de arma de fogo devido ao acerto do tráfico de drogas na localidade. O corpo do rapaz foi encontrado em uma das salas de um imóvel inacabado e abandonado da localidade.

Leandro, Jana e Daniel foram executados por tiros em lugares distintos em Vitória. Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Chegado o período noturno, as redes sociais já apontavam por volta das 20h. outro crime de morte na cidade envolvendo uma mulher de 28 anos. Ela foi alvejada por tiros e caiu morta entre os assentos de uma barraca de espetinhos instalada defronte a um hiper-supermercado situado na rodovia BR-232, na entrada de Vitória de Santo Antão. Informações iniciais apontam que Maria Jeane Santos de Oliveira, conhecida por “Jana”, estava bebendo com outras pessoas suspeitas de atos ilícitos.

O terceiro homicídio foi registrado em Vitória na Rua da Jaqueira, Bairro Sítio do Meio, precisamente ‘Favela do Sapo’, quando Daniel Arlindo Damião, 25 anos, conhecido na localidade por “Adubo” foi assassinado numa via deserta da comunidade. Adubo também morto a tiros, há uns três meses teria sido liberado do sistema prisional condenado por tráfico de drogas, e se encontrava na condicional.

Os três corpos foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Recife. As investigações desses crimes letais intencionais seguem com a 17ª Delegacia de Homicídios de Vitória.

Saiba também:

ALTO DA BALANÇA PRESENCIA ASSASSINATO DE EX-PRESIDIÁRIO EM VITÓRIA