Ceclin
jul 24, 2015 0 Comentário


TRE-PE pode abrir concurso em 2016, diz novo presidente do Tribunal

Novo presidente do TRE-PE, Antônio Carlos Alves da Silva, ao lado do governador Paulo Câmara Foto: Deyvison Nunes/JC Imagem

Novo presidente do TRE-PE, Antônio Carlos Alves da Silva, ao lado do governador Paulo Câmara – Foto: Deyvison Nunes/JC Imagem

JC Online

Ao tomar posse como presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), nesta quinta-feira (23), o desembargador Antônio Carlos Alves da Silva adiantou que a Corte Eleitoral pode abrir um concurso em 2016. O magistrado não adiantou a quantidade de vagas e para quais cargos seria feito o certame. “Eu estou vendo isso com a minha assessoria. Possivelmente nós iremos abrir concurso no TRE no ano que vem”, afirmou o desembargador.

O novo presidente do TRE também disse que espera que os candidatos nas eleições do próximo ano serão mais comedidos nos gastos, em função da crise econômica e obedecerão às orientações da Justiça Eleitoral. “Acho que os doadores não terão a liberdade que tiveram anteriormente. Já que estão sendo apurados os fatos, as doações irregulares, e tem gente sendo punida, quem for doar vai ter a cautela de fazer a doação legal dentro do que manda o Tribunal Eleitoral”, declarou.

O desembargador também disse que apesar do cenário acirrado das disputar municipais, acredita que o Tribunal não precisará tomar medidas mais duras e prometeu procurar os candidatos para fazer com que as eleições ocorram facilmente. A solenidade ocorreu na sede do TRE, nas Graças, e contou com a presença do governador Paulo Câmara, (PSB), do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), e do governador em exercício da Paraíba, o desembargador Marcos Antônio de Albuquerque. O deputado estadual Tony Gel (PMDB) representou à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e o desembargador Frederico Neves, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).