Ceclin
jul 17, 2009 8 Comentários


Trânsito vitoriense sofre modificações

O problema crônico do trânsito já vem de longos anos no centro comercial da Vitória de Santo Antão, há quem use a expressão que a cidade cresceu… na verdade a cidade inchou!

O centro comercial não se suporta no atual quadrante em que este se encontra. Se faz necessário dotar medidas que o amplie em outros pontos do centro, sacrificando quem sabe, algumas ruas residenciais. Falta um planejamento urbano arrojado para superar as dificuldades do centro comercial e de sua feira livre.

Nas últimas semanas, por determinação do Prefeito Elias Lira (DEM), a Diretoria de Trânsito por intermédio da Secretaria de Defesa do Cidadão da Prefeitura Municipal tem tomado medidas que pretendem equacionar parte dos problemas de trânsito no Centro.

Começou transferindo a Parada de ônibus intermunicipal na Rua Eurico Valois para a Rodoviária local. Naquela artéria próxima ao Bradesco os usuários da linha Vitória/Pombos e Pombos/Vitória e outras linhas de transporte coletivo, grande parte da Empresa Borborema, tinha naquela via o seu ponto tradicional de embarque e desembarque.
Transferidos para o Terminal Rodoviário, pelo qual a Prefeitura está realizando sua reforma, hoje parece a garagem, talvez seja, da Empresa Borborema, tendo em vista o monopólio de grande parte das linhas que por lá circulam.

Baseado nas contribuições de técnicos do Detran/PE, a Diretoria de Trânsito da Vitória, sob o argumento de desafogar a Av. Mariana Amália e facilitar o fluxo da Rodoviária, proibiu o estacionamento de carros e do transporte alternativo de vans e kombis ao longo da Rua Melo Verçosa. Trecho da Padaria Delícia do Trigo que segue para o Hospital Pronto Socorro.
Em reunião realizada com os proprietários deste transporte alternativo na última quarta-feira, a Secretaria de Defesa do Cidadão levou ao conhecimento dos kombeiros esta mudança. Estes veículos fazem o transporte para diversas cidades ao redor da Vitória e Região Metropolitana do Recife.
As paradas do transporte alternativo localizadas na Rua Melo Verçosa foram todas transferidas para o Terminal Rodoviário.

Para o Secretário Décio Filho, tais alterações “são fundamentadas em critérios técnicos, que visam, sobretudo, a obtenção de uma melhor trafegabilidade da frota de veículos que circulam em nossa cidade, assim como uma maior segurança aos próprios pedestres”, ressaltou.

Os semáforos da Av. Mariana Amália e da Rua Eurico Valois terão seu tempo conometrados em segundos diferenciados, pois de acordo com os técnicos, a diferença de tempo vai facilitar o escoamento da via de maior fluxo.

por Lissandro Nascimento.

LEIA MAIS: