Ceclin
dez 20, 2018 0 Comentário


Trabalhadores de Gravatá e Pombos são beneficiados com 61 títulos de acesso à terra

O objetivo é de garantir que as famílias rurais continuem produzindo alimentos em cerca de 500 hectares de terras.   Foto: Mirthis Novaes/Iterpe

O objetivo é de garantir que as famílias rurais continuem produzindo alimentos em cerca de 500 hectares de terras. Foto: Mirthis Novaes/Iterpe

Na quarta-feira (19/12), as famílias de agricultores da zona rural de Gravatá e Pombos foram beneficiadas com a concessão do total de 61 títulos de acesso à terra. A população rural contemplada vive nos assentamentos estaduais Santo Antônio e Porteiras I, os quais receberam, respectivamente, 30 e 31 títulos de concessão das mãos do presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco – Iterpe, André Negromonte, juntamente dos representantes das instituições da sociedade civil organizada, durante solenidades realizadas nas sedes das associações.

A ação representou o trabalho do Governo do Estado, por meio do Iterpe, com o objetivo de garantir que as famílias rurais continuem produzindo alimentos em cerca de 500 hectares de terras. Produzido em parceria com a associação dos trabalhadores rurais do assentamento, a equipe do órgão atuou na área de Reordenamento Agrário, para que as famílias tenham a oportunidade de trabalhar no campo com a segurança jurídica da utilização da terra.

“A entrega de títulos de acesso à terra representa mais conquista à agricultura familiar de Pernambuco, porque é através desse documento em mãos que cada assentado e assentada dispõe de acesso às políticas públicas que incentivam a melhoria da produção agropecuária de base familiar”, assegurou Negromonte.

A solenidade contou com a participação de representantes de Sindicatos de Trabalhadores Rurais; das lideranças das associações dos assentamentos contemplados e da equipe do Iterpe. Atualmente, foram contabilizados mais de 12 mil títulos de acesso à terra entregues em Pernambuco, de 2015 até o momento.