• Ceclin
dez 04, 2014 0 Comentário


TCE julga ilegais 730 contratações da prefeitura de Timbaúba

Foto: Henrique Paparazzo

Foto: Henrique Paparazzo

Blog do Jamildo

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) julgou ilegais mais de 700 contratações da prefeitura de Timbaúba (na da Mata Norte) durante a gestão do ex-prefeito Marinaldo Rozendo (PSB). O socialista foi eleito deputado federal nas eleições deste ano. De acordo com o relator do processo, foi verificada “uma miscelânea de funções, várias das quais não se enquadram no conceito de serviços públicos essenciais à população”. As 730 contratações são referentes ao período entre os anos de 2009 a 2013, quando Marinaldo estava à frente da gestão do município da mata Norte de Pernambuco.

O TCE-PE informa ainda que houve extrapolação do limite prudencial imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal e ausência da seleção simplificada para as contratações temporárias. Marinaldo defendeu-se dizendo que a seleção de pessoal foi feita através de entrevistas. No entanto o Tribunal de contas manteve as irregularidades, já que a Lei exige uma seleção simplificada.