Ceclin
ago 26, 2010 0 Comentário


SUS am­plia co­ber­tu­ra para os tra­ta­men­tos

BRA­SÍ­LIA (Folhapress) – Nove novos tra­ta­men­tos para cân­cer de fí­ga­do e de mama, leu­ce­mia aguda e lin­fo­ma foram in­cluí­dos no Sistema Único de Saúde (SUS). A me­di­da, rei­vin­di­ca­da por so­cie­da­des mé­di­cas, foi anun­cia­da ontem como parte de um pa­co­te para on­co­lo­gia do Ministério da Saúde.
No total, serão R$ 412 mi­lhões a mais para a área, um au­men­to de 25% em re­la­ção ao or­ça­men­to atual. Há 300 mil pa­cien­tes em tra­ta­men­to con­tra o cân­cer no Brasil.
Entre me­di­ca­men­tos que serão in­cluí­dos está o Rituxi­mabe (nome co­mer­cial Mab­thera), usado no tra­ta­men­to do lin­fo­ma. Além da in­clu­são de novos pro­ce­di­men­tos, os re­cur­sos adi­cio­nais para on­co­lo­gia serão usa­dos tam­bém no rea­jus­te do valor pago pelo SUS aos hos­pi­tais que rea­li­zam ser­vi­ços de ra­dio­te­ra­pia.
Um dos prin­ci­pais ob­je­ti­vos é am­pliar o nú­me­ro de lo­cais que ofe­re­cem o ser­vi­ço, prin­ci­pal­men­te no Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Outra me­di­da pre­vis­ta é agi­li­zar o aten­di­men­to a pa­cien­tes com leu­ce­mia.

Reportagem da Folha de São Paulo pu­bli­ca­da em 2008 mos­trou que cerca de 50 mil pes­soas es­ta­vam na fila para o tra­ta­men­to. Não há dados sobre o qua­dro atual. O mi­nis­tro José Gomes Temporão (Saúde) negou que o fato de os anún­cios terem sido fei­tos só agora tenha re­la­ção com as elei­ções. Ele disse que só neste mo­men­to o mi­nis­té­rio con­se­guiu obter os re­cur­sos ne­ces­sá­rios.

Ressaltando não ter tido aces­so ao pa­co­te anun­cia­do, o pre­si­den­te da Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC), Roberto Fonseca, afir­mou que é lou­vá­vel o au­men­to do nú­me­ro de pro­ce­di­men­tos e dos re­cur­sos para ra­dio­te­ra­pia. Por outro lado, ele ava­liou que o prin­ci­pal de­sa­fio é am­pliar o aces­so a ser­vi­ços bá­si­cos de diag­nós­ti­co.
(Folha de Pernambuco).