Ceclin
jan 18, 2010 0 Comentário


Sport se impõe e passeia em Vitória

Publicado em 18.01.2010

Leão não toma conhecimento do Vitória e goleia por 5×1. Placar dá ao time a liderança no saldo de gols, na vantagem sobre a Cabense, a outra equipe com 100%

O Sport não teve piedade e goleou o Vitória por 5×1, ontem, no estádio Carneirão, em Vitória de Santo Antão. Os rubro-negros apresentaram um futebol eficiente e de muita aplicação. O adversário não teve muita reação e a cada erro sofria um gol. O resultado deixa o Leão na liderança do Campeonato Pernambucano ao lado da Cabense, ambos com seis pontos, mas o time do técnico Givanildo Oliveira tem saldo de cinco gols contra dois da equipe do Cabo de Santo Agostinho.
Mesmo com um campo irregular, o Sport soube tocar a bola e envolver o Vitória, que não esperava uma pressão tão forte. Logo aos seis minutos, em bela tabela com o atacante Nadson, o meia Ricardinho entrou na cara do gol e deu um toque sutil no canto direito do goleiro Elysandro para fazer 1×0.
Era tudo que o Sport queria. O Vitória teve que ceder espaço. O time rubro-negro, ao contrário, marcou forte. Com isso, o time da casa só tinha de tentar os chutes de fora da área. Mas foi o Leão que teve outra chance de ampliar o placar, quando Nadson cobrou falta e a bola passou rente a trave.
O Vitória conseguiu chegar pela primeira vez aos 17 minutos. O meia Fabinho Vitória bateu de fora e Magrão fez boa defesa. A resposta rubro-negra veio logo em seguida, quando o meia Eduardo Ramos acertou o travessão num belo chute. Depois o mesmo Eduardo mandou para fora uma grande chance.
Melhor em campo, o Sport chegou aos 2×0. O lateral Júlio César arrancou pela direita e tocou por cima de Elysandro. O zagueiro Tuta ainda tocou na bola. Mas o árbitro Emerson Sobral deu o gol para o jogador rubro-negro, aos 27 minutos.
Em uma tentativa de reação, o Vitória mais uma vez chegou à frente num chute de fora da área do zagueiro Suéliton, que obrigou Magrão a fazer uma grande defesa. Depois foi a vez do volante Sandro Miguel cobrar falta e Magrão, mais uma vez, fez excelente defesa.
Com toque rápido e objetivo, o Sport chegava ao ataque. Aos 34 minutos, Sandro Miguel fez pênalti ao derrubar Igor na área. O atacante Wilson cobrou e aumentou para 3×0, aos 35 minutos.
No segundo tempo, o Vitória voltou mais aberto com o meia Eduardinho na vaga de Sandro Miguel. Logo com dois minutos, o atacante Bruno Garcia perdeu a chance de diminuir o placar. O Sport não falhou. Um minuto depois, o lateral Dutra fez uma belo cruzamento para Wilson, de peixinho, cabecear e fazer 4×0.
O jogo ficou à disposição do Sport, que poderia ter ampliado o placar várias vezes em arremates de Wilson e Nadson. O quinto gol veio aos 35 minutos. Dairo, que havia entrado no lugar de Wilson, cruzou e Igor, de cabeça, mandou para o fundo das redes. O Vitória ainda acertou o travessão de Magrão num chute de Suéliton.
Apesar de batido, o Vitória diminuiu o placar. O lance foi aos 46 minutos. O zagueiro César colocou a mão da bola dentro da área. Pênalti. O atacante Jadílson, ex-Sport, cobrou e marcou o único gol do tricolor.
O Sport volta a jogar, quarta-feira, contra o Porto, na Ilha do Retiro. O Vitória enfrenta o Sete de Setembro, em Garanhuns.
(Jornal do Commercio).