Ceclin
abr 30, 2018 0 Comentário


Socioeducandos de Pacas participam de curso para produção de massas alimentícias

Parceria com o IFPE Vitória está contemplando dez jovens, que terão 20 horas/aula. Foto: IFPE Vitória/Divulgação

Parceria com o IFPE Vitória está contemplando dez jovens, que terão 20 horas/aula. Foto: IFPE Vitória/Divulgação

Por meio de uma parceria entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPE), dez adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Vitória de Santo Antão estão participando do curso de Produção de Massas Alimentícias. Nas aulas, ministradas por professoras do Campus Vitória da instituição sempre às quintas-feiras, os alunos aprenderão a preparar bolos, pães, pizzas, biscoitos e outros produtos do gênero. A carga horária será de 20 horas. A atividade foi articulada pelo Eixo de Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase.

Na aula inaugural, realizada no Centro de Pesquisa e Extensão do IFPE Vitória, os socioeducandos receberam as primeiras noções sobre o curso, especialmente no que diz respeito à higiene na cozinha. Para manipular a massa, é preciso, por exemplo, ter unhas e barbas aparadas, orientações que foram postas em prática pelos adolescentes, com o auxílio da equipe técnica da Funase, ainda dentro do Case. As aulas teóricas e práticas estão sendo ofertadas em um laboratório que simula uma padaria, situado também na área do campus.

O coordenador do Eixo de Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, Normando Albuquerque, que esteve presente na aula inaugural, exaltou mais uma parceria que beneficia o público atendido pela instituição. “Isso é muito importante, não só para os meninos das unidades, mas para a Funase como um todo. Esta unidade em Vitória de Santo Antão foi a primeira do IFPE que nos acolheu, lá atrás, e nos acolheu muito bem. Agora, nos apoia de novo. A Funase precisa muito dessas parcerias”, declarou. “E vejam que há um conjunto muito grande de pessoas se mobilizando em prol de oferecer oportunidades de valor para vocês”, acrescentou, direcionando-se aos alunos do curso.

Para o diretor do Campus Vitória do IFPE, Mauro de Souza Leão França, a parceria com a Funase fortalece o papel social dos institutos federais. “Esse é um desafio muito gratificante para nós. Buscamos formar cidadãos, e não será diferente com esses jovens, que estão sendo recebidos como alunos nossos”, afirmou o diretor.

Ainda participaram da aula inaugural o coordenador geral de extensão do IFPE, Renato Lemos, as professoras Alanne Salviano e Regiane Ribeiro, e outros envolvidos na parte prática do curso. Representando a Funase, além de Normando Albuquerque, compareceu a pedagoga do Case Vitória de Santo Antão, Miriam Evaristo da Silva.

O socioeducando A. J. foi para a aula cheio de expectativas. “Essa é uma oportunidade muito importante que estou tendo”, disse. O jovem A. F., também participante do curso, fez uma avaliação no mesmo sentido. “Minha expectativa é só aprender mais e mais”, afirmou.

Para o coordenador geral do Case Vitória de Santo Antão, Ricardo Veríssimo, cursos como esse mostram como a Funase está preocupada em trabalhar com os socioeducandos em múltiplas dimensões. “Isso é um resgate dos direitos da criança e do adolescente e da cidadania. Não à toa, temos hoje 50% dos nossos jovens em cursos externos e 100% na escola”, ressaltou.