Ceclin
dez 04, 2019 0 Comentário


Socioeducandos da Funase de Pacas aprendem sobre horticultura

Atividade profissionalizante é ofertada por meio de curso certificado pelo CIEE. Foto: Divulgação/Funase

Atividade profissionalizante é ofertada por meio de curso certificado pelo CIEE. Foto: Divulgação/Funase

Cinco adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Vitória de Santo Antão, unidade da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), estão participando de aulas práticas do curso de Horticultura Orgânica. Com 32 horas/aula, a formação está sendo viabilizada graças a uma parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola de Pernambuco (CIEE-PE). Até o fim do mês, os alunos estarão aptos para trabalharem em diversas áreas voltadas ao cultivo de frutas e verduras e ao manejo da terra.

As aulas estão sendo realizadas todas as segundas, terças, quintas e sextas, dentro da unidade da Funase, e são ministradas pelo técnico agrônomo Mauro Damião, que atua como agente socioeducativo no Case Vitória de Santo Antão. Couve, alface e coentro, por exemplo, serão cultivados durante o curso, que foi articulado pelo Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da fundação.

“O curso é mais uma oportunidade que os socioeducandos têm para se profissionalizar. Eles estão gostando e se identificando com o que está sendo ofertado. Acredito que o relacionamento dos alunos com o instrutor e com a sua didática vem contribuindo para o sucesso das aulas”, avaliou a coordenadora técnica do Case Vitória de Santo Antão, Karolinna Ferreira.

OPORTUNIDADE – Nos últimos dias, outro curso profissionalizante – o de Eletrônica Básica – também teve início na unidade da Funase. A turma é composta por 12 adolescentes. No fim das aulas, eles receberão certificados emitidos pelo CIEE.