Ceclin
jan 20, 2012 1 Comentário


Sociedade mobilizada para tentar acabar com os suicídios na Ponte Cascavel

A ponte das Serra das Russas, em Gravatá, Agreste do Estado, trás consigo estatísticas preocupantes

Estima-se que seis pessoas morreram nos últimos anos, se jogando do alto da Ponte Cascavel na BR-232, na Serra das Russas, de Gravatá, um vão de 800 metros de extensão e 53 metros de altura. Só no segundo semestre de 2011 quatro pessoas cometeram suicídios no local.

Representantes católicos, evangélicos, espíritas e de outras religiões estão preparando um culto ecumênico numa das cabeceiras da ponte, com a devida autorização da Polícia Rodoviária Federal para que não haja problemas com o trânsito no local.

Idéias como colocar placas nas proximidades da ponte com dizeres, ou número de telefones SOS para esse tipo de ajuda num momento extremo em que as pessoas se sintam desesperançadas ou psicologicamente descontroladas, para que gestos de desespero como esses sejam desestimulados.

As datas sobre campanhas, além do culto ecumênico serão brevemente divulgadas.

Com informações do Blog do Castanha