• Ceclin
abr 30, 2019 0 Comentário


Sociedade Civil assume presidência do Conselho de Desenvolvimento Sustentável de Pernambuco

Sociedade Civil assume presidência do Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável

O Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável (CDS/PE) foi instituído por Decreto em 2001. Fotos: Divulgaçao

A sociedade civil assumiu, nesta terça-feira (30/4), a presidência do Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável de Pernambuco (CDS/PE) para o biênio 2019/2020. O novo presidente, Germano Barros, do Serta, foi eleito por unanimidade. O secretário de Desenvolvimento Agrário (SDA), Dilson Peixoto, por sua vez, foi empossado como vice-presidente, tendo como suplente o secretário executivo de Agricultura Familiar da SDA, Gleybson Neves.

A cerimônia foi realizada no auditório do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), na presença de autoridades federais, estaduais, municipais, movimentos sociais, movimentos ligados à terra e representações da agricultura familiar. A presidência e a vice-presidência do CDS/PE são exercidas, respectivamente, por um representante do governo ou da sociedade civil eleitos, alternadamente, a cada dois anos.

Germano Barros afirmou se empenhar para que o conselho possa cumprir seu papel de controle social de monitoramento das políticas públicas de desenvolvimento sustentável, sobretudo na atual conjuntura do País. “Diante do decreto do presidente Bolsonaro, que extingue o conselho nacional e extermina a política de participação social, esperamos ter um conselho pujante, forte, para incidir nas políticas públicas de desenvolvimento sustentável do Estado”, pontuou.

Uma das principais prioridades, está a atuação do Conselho na incidência política no Plano Plurianual do Estado, prioritariamente os programas, projetos e ações relacionados com agricultura familiar e o desenvolvimento sustentável de Pernambuco; ampliar e qualificar o diálogo com as secretarias estaduais e promover um amplo diálogo com os conselhos e outros espaços de controle social das políticas públicas.

Germano Barros, do Serta

“Esse foi um evento de muita importância por demonstrar que, diferentemente do que ocorre no cenário nacional, em Pernambuco não há a menor possibilidade de extinção do Conselho. Também é uma demonstração política do Governo do Estado em promover o fortalecimento do Conselho, que tem papel fundamental para contribuir no planejamento e no acompanhamento das ações de desenvolvimento rural sustentável de Pernambuco”, afirmou o secretário Dílson Peixoto.

Ao final do evento, foi entregue um documento às autoridades presentes: a agenda política estratégica do Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável para o mandato presidido pela sociedade civil no biênio 2019/2020.

Participaram do evento o deputado estadual Doriel Barros; o representante do deputado estadual Isaltino Nascimento, Bruno José; a secretária da Mulher de Pernambuco, Sílvia Cordeiro; o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertoti; o representante da Secretaria de Planejamento e Gestão, Adilson Gomes; os representantes da Superintendência Federal do Ministério da Agricultura, Artur de Lucena e Caio França; o secretário executivo de Agricultura Familiar da SDA, Gleybson Neves; o presidente e o gerente financeiro do Iterpe, respectivamente Altair Correia e José Cláudio, dentre outros.

CDS/PE – O Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável (CDS/PE) foi instituído pelo Decreto nº 23.346, de 18 de junho de 2001. É um órgão colegiado, paritário, consultivo e deliberativo, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Agrária (SDA) e constituído por representantes de instituições governamentais e da sociedade civil.