Ceclin
jun 04, 2009 47 Comentários


SOBRE O VOTO DE REPÚDIO

Não poderia deixar de me posicionar com relação ao Voto de Repúdio direcionado ao nosso Colunista Elias Martins, aprovado no Plenário da Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão, semana passada.

Mesmo que os textos de Elias Martins não sejam de todo a opinião dos Editores deste Blog, há de considerar o útil trabalho narrativo e impessoal feito pelo mesmo em acompanhar as Sessões semanais do Poder Legislativo local.

De toda sorte, a iniciativa desta indicação no Legislativo é desnecessária e descabida. Não se age desta forma com quem faz o trabalho noticioso. A Câmara, na questão da “Pinicolândia”, com os dois vereadores citados neste caso, podem e devem pedir o direito de resposta ao nosso Blog e Programa de rádio. Essa é a prática natural na imprensa brasileira e do mundo. Não nos negaremos em deixar de aceitar. Agindo com artifícios deste nível só faz acirrar a pobreza do debate e deixar escrito nos anais históricos da Casa o quanto foi ultrapassada a decisão dos atuais legisladores.

Voto de Repúdio contra colunistas é resquício da ditadura Militar.
É censurar literalmente. Sobretudo em internet onde ainda não há legislação específica. Discordar faz parte do processo democrático. Agora, referendar opinião contrária com este tipo de atitude é atestar burrice política.

Meus caros Vereadores,

Não seria o caso de aprovar VOTO DE REPÚDIO contra uma série de absurdos que acontecem abaixo dos narizes dos nobres vitorienses?

Aprovem o VOTO DE REPÚDIO contra o desfarelamento da Av. Mariana Amália que foram gastos em sua “reforma” a estimativa de 3 milhões de reais. Não seria um caso para CPI?

É necessário um VOTO DE REPÚDIO relativo ao abandono do nosso Monte das Tabocas. O qual estamos fazendo um grande esforço para recuperá-lo da omissão de nossos recentes governantes.

É preciso um VOTO DE REPÚDIO no caso do Restaurante Popular. Pelo qual o dinheiro já entrou há anos nos cofres da Prefeitura e o que lá resta é um esqueleto abandonado. Não seria mais um caso para CPI?

Quem suplica por um VOTO DE REPÚDIO é o nosso Rio Itapacurá. Não há um político nesta cidade que mobilize a população em torno desta causa.

Quem merece um VOTO DE REPÚDIO é o Saneamento Básico da Vitória de Santo Antão. Cadê a finalização do Projeto Alvorada que prometeu sanear 100% Pombos e Vitória de Santo Antão? Não seria mais um caso para CPI? Não seria um caso de qualquer parlamentar pedir auditoria do TCU e Ministério Público?

Quem merecia um VOTO DE REPÚDIO seria o sistema de transporte público desta cidade. Não se concebe que os nossos cidadãos circulem dentro do Município em verdadeiras “carcaças” e tenhamos que conviver há décadas com o monopólio da Empresa Borborema. Será que não há um “cabra corajoso” nesta Vitória de Santo Antão que abrace esta causa. É fácil cuspir na tribuna e pedir um VOTO DE REPÚDIO contra um simples cidadão do Blog. Quando o fácil seria provocar os órgãos governamentais em benefício da população. Quanta hipocrisia!

Perguntem aos milhares de desempregados, ociosos nas calçadas de nossa periferia, o que eles acham de resolver suas faltas de oportunidades com um VOTO DE REPÚDIO.
Perguntem às Creches e Abrigos desta cidade se as suas dificuldades em assistência social podem ser atestadas por um VOTO DE REPÚDIO.
Perguntem aos consumidores da Celpe se um VOTO DE REPÚDIO resolve o problema de abastecimento de energia da municipalidade. Perguntem as donas de casa que esperam por 15 dias para receber o líquido precioso da Compesa se estas querem também.
Aproveitem e façam um VOTO DE REPÚDIO aos moradores invasores das casas dos que ainda esperam da Enchente de 2005.
Não esqueçam de também aprovar um VOTO DE REPÚDIO as dezenas de ruas desta cidade que estão calçadas só no papel. Procurem saber quem foi o prefeito que não fez o calçamento nestas ruas e denuncie-o à justiça, para mofar na cadeia.

Aproveitem e aprovem um VOTO DE REPÚDIO a alguns meios de comunicação desta cidade, verdadeiros exemplos de politicalha e serventia do mais baixo coronelismo eletrônico.
Pois é! Também neste caso não há “um cabra corajoso” para denunciar isso e cobrar providências.

Meus caros leitores e ouvintes,

Penso que esqueci mais alguma coisa. Favor completar a lista de VOTO DE REPÚDIO no espaço de Comentários deste post.

Parafraseando Cazuza: “REPÚDIO… Eu quero um pra viver!”

Por Lissandro Nascimento,
Editor do Blog.

MATÉRIA VINCULADA: