Ceclin
jan 04, 2011 0 Comentário


Sob críticas, Copa SP tem início

Times pernambucanos, Porto e Acadêmica Vitória, estreiam no torneio só amanhã



SÃO PAULO (Folhapress) – Desde que teve seu regulamento alterado e reduziu a idade dos jogadores de 20 para 18 anos, a Copa São Pau­lo, que tem o seu início hoje, passou a enfrentar mais críticas por parte dos clubes. A maior delas é o fato de que alguns jogadores, que são destaques no time júnior, mas ain­da não estão prontos para o time profissional, não po­dem disputar a competição. Com isso, perdem tempo de maturação, retardando sua formação como atleta.


Uma das referências quando se fala em categorias de base no Brasil – no ano passado, a equipe conquistou oito títulos entre sub-15, sub-17 e sub—20 -, o Atlético/MG faz ressalvas à Copinha. Para o coordenador da base do clube, André Figueiredo, o torneio não é mais um referencial para a categoria. “Mi­nha crítica é desde que mu­dou o regulamento. Tem atleta de 18 anos que se destaca, mas não está maduro para o profissional. Só os fenômenos estão. Nem todos são co­mo o Neymar’’, afirma o dirigente do clube mineiro.
Para ele, esse fato impede que mais jogadores saiam do tradicional torneio com mais visibilidade e prejudica a competição, porque já faz algum tempo que há a sensação de que a Copa São Paulo não revela grandes craques. Uma possível saída para aproveitar melhor esses jogadores é observar o Internacional, que os utiliza na sua equipe B.
Co­mo o Inter lutará pelo tricampeonato da Libertadores neste ano, essa equipe será utilizada no Campeonato Gaúcho-2011.
Duas equipes pernambucanas estarão no torneio e só estrearão amanhã. O Porto encara o Sumaré/SP, às 13h (do Recife), e a Acadêmica Vitória terá a Portuguesa/SP, pela frente, a partir das 15h.

(Folha de Pernambuco).