Ceclin
out 25, 2008 0 Comentário


SNE lança edital para acesso de agricultores a recursos da Petrobras

Agricultores familiares de Glória do Goitá, Pombos, Vitória de Santo Antão e Feira Nova têm até 16 de novembro para se candidatarem a receber recursos federais, num total de R$ 70 mil, destinadas a viabilizar obras de importância para suas atividades produtivas e necessidades básicas. O edital de seleção acaba de ser lançado pela Sociedade Nordestina de Ecologia (SNE), como parte das atribuições do Corredor da Farinha, projeto que a ONG pernambucana desenvolve nas bacias dos rios Tapacurá e Goitá com o objetivo de revitalizar a cadeia produtiva da mandioca na região.

A fonte financiadora é a Petrobras através do programa Petrobras Desenvolvimento e Cidadania, que no final de setembro confirmou a liberação dos recursos do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Rural para os agricultores assistidos pelo projeto. Segundo o gerente executivo do projeto Corredor da Farinha, Alex Pimentel, o investimento pode atender desde a reforma de uma moradia ou de uma casa de farinha, à construção de uma cisterna, entre outras. O Edital foi previamente discutido em cada comunidade atendida e aprovado a sua redação final no último dia 29 de setembro, pelos agricultores do projeto, garantindo a participação e o controle social.

Para acessar o recurso, o candidato deve elaborar, juntamente com o agente de desenvolvimento local e o técnico da SNE que o acompanha, uma proposta que será analisada por um comitê independente, composto pela SNE, Banco do Nordeste do Brasil – BNB, Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE e Núcleo de Articulação e Fomento – NAF do Governo do Estado de Pernambuco. Cada agricultor poderá receber até R$ 500,00 e, no caso de uma associação, até R$ 1 mil.

Fonte: Sociedade Nacional de Ecologia.