Ceclin
out 30, 2009 2 Comentários


Siqueira diz que Pernambuco vive o melhor momento desde o ciclo do Séc. XVIII

Vereador do Recife, Luciano Siqueira, fala no A VOZ DA VITÓRIA.
Em entrevista concedida nesta sexta feira (30) ao Programa A VOZ DA VITÓRIA transmitido diariamente pela Rádio Tabocas FM (98,5) o Vereador do Recife Luciano Siqueira (PCdoB), externou sua opinião e suas esperanças quanto ao mandato do atual prefeito recifense João da Costa (PT) e da atual situação política e econômica do Estado de Pernambuco. Siqueira já foi deputado estadual (1986), vice-prefeito do Recife por dois mandatos e concorreu ao Senado na última eleição ficando em segundo lugar.

De acordo com Luciano Siqueira, o prefeito João da Costa (PT) está prestes a completar um ano de mandato e segue bem.
Segundo ele o prefeito do Recife caminha bem, enfrentou algumas dificuldades nos primeiros meses, mas é natural mesmo se tratando de um prefeito que pertenceu aos quadros da gestão anterior.
“Todo governo é um novo governo mesmo que tenha identidade política e administrativa com o antecessor. Tem que se atualizar, enfrentar novos problemas e desafios com a equipe renovada, encontrar dificuldades são naturais de início”, avaliou.
“O prefeito está realizando um programa de governo direcionado para os problemas centrais da cidade do Recife, sobretudo no desenvolvimento econômico acompanhando a boa fase da economia estadual”, citou.
Na Câmara do Recife “estamos procurando acompanhar e fiscalizar as demandas do Executivo e, sobretudo debater com a sociedade os problemas centrais do Recife em conjunto, encontrando soluções em comum”, pontuou.

Perguntado sobre o bom momento econômico que vive o Estado de Pernambuco, a exemplo dos investimentos em Suape e a interiorização dos investimentos promovidos pelos governos Lula e Eduardo Campos, o vereador considerou que se trata de um diferencial importante.

Segundo o vereador, Pernambuco teve no século XVIII seu apogeu no ciclo do açúcar, já que era a principal economia do Brasil. “O que está acontecendo hoje em Pernambuco é decorrente de decisões políticas que o governo Lula tomou. A decisão de situar no complexo portuário a Refinaria de Petróleo e o Estaleiro Atlântico Sul e demais plantas industriais, são empreendimentos que ativaram a cadeia produtiva existente, porém abrindo espaço para novos investimentos”, considerou.
“Essa fase só se compara com a da cana de açúcar do século XVIII. A diferença é que hoje o desenvolvimento econômico é aquecido por indústrias de ponta”, comparou Siqueira.

Luciano disse a Lissandro Nascimento que ficou satisfeito que esse fato tenha ocorrido no Governo Eduardo Campos, pois uma de suas diretrizes é a interiorização de investimentos. ”É por isso que o Governo do Estado tem procurado diversificar geograficamente os pólos de desenvolvimento econômico”.
Luciano lembrou o Fórum ocorrido no Recife com a participação das autoridades municipais, estaduais e federais que avaliou o impacto econômico desses empreendimentos onde se vislumbrou impactos positivos para Pernambuco.
“Em breve, estaremos realizando duas audiências públicas com entidades e instituições que forma e capacita mão de obra especializada para esse novo mercado que surge em Pernambuco, para que nossos trabalhadores ocupem essas novas vagas geradas por esse desenvolvimento econômico”, ressaltou.

Como ações importantes para incrementar a mão de obra local, o vereador destacou o SENAI que formou e desenvolveu profissionais na área de soldadores e fresadores, colocando mais de três mil profissionais nos empreendimentos de Suape.
Continuando, Luciano informou que a Etepan, Instituto Federal de Pernambuco, Centro de Trabalho e Cultura trabalham com profissionais de nível médio, dando qualificação e profissionalização para a população pernambucana.
Outra citação feita pelo vereador recifense, foi sobre a Universidade de Pernambuco em parceria com a Escola Politécnica que criou um curso de especialização em Engenharia Naval a fim de atender as novas demandas.
“É inevitável que venham pessoas de outros Estados atraídos por esse novo horizonte aberto aqui, mas isso não é problema, somos todos brasileiros, e como filhos dessa nação, merecemos ser felizes e prosperar”, concluiu.

Luciano Siqueira lembrou que tem um compromisso agendado para dezembro em Vitória de Santo Antão onde fará uma palestra no Instituto Histórico e Geográfico em comemoração aos 150 anos da visita da família Imperial à nossa cidade.

por Orlando Leite.