Ceclin
mar 22, 2010 1 Comentário


SINTEPE: Proposta do Governo reduz salários

A proposta apresentada pelo Governo do Estado para os trabalhadores em educação fere a Lei do Piso Salarial Nacional do Professor, que estabelece o valor de R$1.312,85 para o vencimento inicial da carreira. O Governo apresentou a proposta de R$ 640,63 para quem tem nível médio, no período de janeiro a maio de 2010. A partir de junho esse valor seria de R$ 783,75.

Já para os Professores com graduação e jornada de 40 horas semanais, os valores dos salários propostos são, os valores dos salários propostos são, de janeiro de maio R$ 854,17 e a partir de junho R$ 1.055,00. Esses valores são para os Professores que se encontram na classe 1, faixa salarial “a” do Plano de Cargos e Carreira (PCC).

A proposta do Governo também extingue a gratificação do magistério e reduz os percentuais das grades de vencimentos do PCC. Esse procedimento provoca redução dos salários dos trabalhadores com mais tempo de serviço gerando uma parcela compensatória para impedir a redução dos salários. E desvincula as gratificações de difícil acesso, educação especial e de locomoção, ou seja, coloca valores nominais para estas gratificações, eliminando assim, os percentuais que vigoram hoje.

Em assembleia geral, realizada na última sexta–feira (19), a categoria rejeitou a proposta apresentada pelo governo e deliberou pela realização de paralisação de 24 horas, com assembléia geral, ás 14 horas do dia 24 de março, no IEP.
Foi aprovado também, que o governador Eduardo Campos é inimigo da Educação.

Calendário de Mobilização

Dia 23 – Ato público dos Servidores, às 9h, na Assembléia Legislativa (Alepe)

Dia 24 – Paralisação de 24 horas, com assembléia geral, às 14h, no IEP

Dia26 – Grande Expediente especial em homenagem aos 20 anos do Sintepe, às 10h, na Alepe. E no dia 26 de março, a festa será no sindicato.

Visite nossa página na internet:

www.sintepe.org.br