Ceclin
abr 20, 2009 0 Comentário


Sintepe lança Coletânea Poética

No próximo dia 23 de abril, às 19h, no Teatro de Santa Isabel, o SINTEPE (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco) homenageia a cultura pernambucana através do lançamento da Coletânea Poética do 1° Concurso de Poesia em homenagem a Solano Trindade. O livro reúne os trabalhos selecionados em 2008 de poetas conhecidos e, principalmente, de professores. A coordenação da obra ficou a cargo da Interpoética e da Andararte.

O concurso para escolher os poemas que iriam compor a coletânea foi realizado, em 2008, ano de Solano Trindade, em duas categorias: público geral e trabalhadores da área de educação. A idéia foi estimular a produção literária entre os professores que, de acordo com os diretores do SINTEPE, “tem ótimos trabalhos prontos, mas que muitas vezes acabam engavetados pela falta de incentivo”.

“Esta é uma forma de coroar as ações afirmativas e de promoção da igualdade racial desenvolvidas. Por isso a homenagem, na passagem dos seus 100 anos, ao poeta e símbolo da luta em defesa da negritude Solano Trindade, que emprestou seu nome ao Concurso. Também é uma forma de articular a categoria e a sociedade em ações culturais”, disse o presidente do SINTEPE, Heleno Araújo.
Foi pensando nisso que o Sindicato se uniu ao Interpoética, maior espaço sobre literatura pernambucana na internet, e a Andararte para promover o 1º Concurso de Poesia em homenagem a Solano Trindade. Agora, o projeto chega a sua fase final: a publicação dessas poesias em uma coletânea.
O concurso atingiu a marca de 333 poetas inscritos de todo o Brasil. Desses, 23 foram selecionados para compor a coletânea. Os três escolhidos, na categoria público geral, são o poeta Malungo (autor de Tempo ácido), Biaggio Pecorelli (com Chuva de chá) e, o mineiro de Uberlândia, Muryel de Zoppa (e o seu poema Catarata).
Na categoria trabalhadores da área de educação, foram selecionados os trabalhos de 20 professores. Os três primeiros lugares ficaram com as poetizas Rozana Nascimento (no poema Uma questão de visão), Regina Carvalho (e Todo exercício de vida) e Tânia Sampaio (com Procura-se). Sendo o segundo lugar um nome já conhecido da cena literária pernambucana.
Na comissão julgadora estavam André Telles, poeta e mestre em literatura; Heloísa Arcoverde, ensaísta e mestre em literatura e o poeta e jornalista Raimundo de Moraes. A coordenação de editoração da coletânea ficou sob responsabilidade da Interpoética e da Andararte. Este último é uma ONG que inicia seus trabalhos em 2009, através de um ponto de cultura ancorado pelo site www.interpoetica.com.

Serviço:

– Coletânea Poética do 1° Concurso de Poesia em homenagem a Solano Trindade Dia 23 de abril, às 19h, no Teatro de Santa Isabel.