Ceclin
mar 04, 2012 0 Comentário


Sintepe faz assembleia para falar do novo piso

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) promove na terça-feira (6), a partir das 14h, no Teatro Boa Vista (ao lado do Colégio Salesiano), Recife, uma assembleia para dar mais detalhes sobre a implantação do reajuste do Piso Nacional do Magistério, apresentado esta semana pelo Ministério da Educação.

Durante o encontro, serão debatidos assuntos como a defesa do cumprimento da Lei do Piso, a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE) e o emprego de 10% do PIB nacional para a educação. Além disso, serão apresentadas as diretrizes para a paralisação nacional, que será realizada entre os dias 14 e 16 de março. A expectativa é que cerca de 2 mil professores participem da assembleia.

Em Pernambuco, o Governo anunciou que o novo piso começa a ser pago no mês de março. De acordo com a Lei, esse aumento já deveria ter sido adotado desde janeiro deste ano, ou seja, o executivo estadual será obrigado a pagar o reajuste retroativo. Em março, os educadores receberão a diferença do mês de janeiro e em abril o que corresponde a fevereiro. Mesmo com reajuste dos 22,22%, ainda existem pendências em relação à Lei do Piso, como por exemplo, a aula atividade, um percentual de carga horária em que o professor prepara as aulas, além de realizar pesquisas que vão ajudar durante as aulas.

Paralisação

O Sintepe relembra aos profissionais em educação que os dias 14, 15 e 16 de março serão de paralisação, seguindo o calendário elaborado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Entre os pontos que serão debatidos na greve nacional estão, o Piso Salarial, o Plano Nacional da Educação e a Carreira.

 com informações da Assessoria.