Ceclin
jan 24, 2022 0 Comentário


SINTEPE avisa: Dia 2 de fevereiro, atos públicos em defesa do Piso

Por deliberação do Conselho Nacional de Entidades da CNTE, haverá ato em Brasília e em diversos estados de todo o Brasil, em frente às assembleias legislativas em defesa do Piso Salarial do Magistério. Esta é uma das agendas de lutas, dentre tantas outras que o Sintepe está planejando executar logo no início de fevereiro. Em Pernambuco, faremos o nosso e convocamos à categoria para se unir à essa luta!

Ato em favor do Piso Salarial
Quarta-feira, 2 de fevereiro

DIA 3 DE FEVEREIRO, PARALISAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS

O Sintepe tem denunciado que o Governo não confirmou a data da mesa específica de negociação da Educação. Não haverá descanso e os primeiros meses de 2022 serão de muita luta. O Fórum de Servidores de Pernambuco, do qual o Sintepe faz parte, também convocou paralisação, atos e manifestações em âmbito estadual. O Governo de Pernambuco trata com descaso o serviço público e outras categorias amargam até sete anos sem reajuste salarial, algumas recebem menos que um salário mínimo e o vale refeição está congelado há 12 anos. Contra tudo isso, haverá luta!

Paralisação dos servidores de Pernambuco
Quinta-feira, 3 de fevereiro
Durante todo o dia
Atos e manifestações em todo o Estado

NEGOCIAÇÃO JÁ

Entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022 muita coisa já ocorreu e a direção do Sintepe não parou em nenhum momento. Após a última rodada de negociação de 2021, onde o Governo não apresentou nenhuma proposta concreta para a categoria, o Sindicato lançou duas notas públicas, realizou um ato em frente ao Palácio do Campo das Princesas e veiculou nota em carros e bicicletas de som e em rádios de audiência em Pernambuco.

Apesar das cobranças do Sintepe, o Governo ainda não confirmou a negociação e não se pronunciou publicamente sobre o que a Lei do Piso e o Plano Nacional de Educação dizem: 33,23% de reajuste em toda a carreira da Educação, tanto para professores e professoras, analistas educacionais, assistentes administrativos e aposentados.

Acompanhe nossas redes sociais para incorporar-se à luta! A cobrança será ao Governo do Estado que está congelando nossos salários há três anos sem repercutir o Piso Salarial em toda a carreira da educação.

NEGOCIAÇÃO JÁ! Basta de descaso com o Piso e a Carreira da educação!

AGENDA DE LUTAS URGENTE

Diante da ameaça iminente do MEC (Ministério da Educação) contra o Piso Salarial do Magistério, incentivando descaradamente estados e municípios a descumprirem a lei, o Conselho Nacional de Entidades da CNTE apontou uma agenda de lutas objetiva e direta para garantir nossos direitos.

A CNTE decidiu por entrar na Justiça para garantir a aplicação do artigo 5º da Lei 11.738/2008 (Lei do Piso), que versa sobre a atualização do Piso. Além disso, a luta tem início já na primeira semana de fevereiro com articulações no Congresso Nacional, com o Conselho Nacional de Secretários de Educação e com o Fórum de Governadores do Nordeste.

Em 8 de março haverá paralisação nacional pela aplicação dos 33,23% de atualização do piso salarial do magistério e na carreira das trabalhadoras e trabalhadores em educação.

No dia 16 de março, mês em que todas as redes de ensino do Brasil retornam ao novo ano letivo, realizaremos o Dia Nacional de Lutas das três esferas públicas e outras entidades, organizando a greve geral!

SINDICATO DOS TRABALHADORES E DAS TRABALHADORAS EM EDUCAÇÃO DE PERNAMBUCO