Ceclin
Maio 21, 2018 0 Comentário


SINDSEP-PE: O Brasil regride 20 anos em apenas 2 anos de governo Michel Temer

Ministros_de_Temer_1526660932

Um desastre político, econômico e social. Assim pode ser resumido os dois anos do governo Temer, “comemorado” com uma cerimônia no Palácio do Planalto, na última terça-feira (15/5). O Brasil voltou, 20 anos em 2 era o slogan preparado para o evento. Slogan que teve que ser mudado de última hora devido ao entendimento dúbio da frase que poderia dizer a verdade caso a vírgula fosse retirada. Ou seja, o Brasil teria regredido 20 anos em apenas dois anos de governo Temer. É exatamente esse o sentimento da grande maioria do povo brasileiro.

Depois de aprovar a Emenda Constitucional 95, que limita os gastos públicos por 20 anos, o Governo, auxiliado pelo Congresso Nacional, conseguiu aprovar a reforma Trabalhista e a Terceirização, promovendo a maior retirada de direitos da classe trabalhadora que se tem notícia no Brasil, e está tocando uma privatização, em grande escala, de grandes empresas brasileiras. Depois de repassar o Pré-sal e unidades da Petrobras para empresas estrangeiras, o que tem gerado grandes lucros para a iniciativa privada, o governo estuda a privatização da Eletrobras, Casa da Moeda, Correios, bancos, aeroportos e estradas. E ainda querem aprovar uma reforma da Previdência criminosa depois das eleições.

“É a retomada da política neoliberal que tinha sido rejeitada pelos brasileiros depois que FHC deixou o Governo e, em seu lugar, assumiu Luís Inácio Lula da Silva. Uma agenda de atraso e de concentração de renda como nunca se viu no Brasil”, destacou o coordenador geral do Sindsep-PE, José Carlos Oliveira. 

O resultado é a estagnação da economia, desemprego em massa, aumento da miséria, mortalidade infantil e violência e retorno de epidemias. A taxa de subutilização da força de trabalho, que inclui os desempregados, pessoas que precisam trabalhar mais e aqueles que desistiram de procurar emprego, bateu recorde histórico no primeiro trimestre de 2018, chegando a 24,7%. É a mais alta taxa da série iniciada em 2012. Se comparado com o primeiro trimestre de 2014, antes do golpe, a população subutilizada cresceu 73% – 11,7 milhões de pessoas.

Ao todo, são 27,7 milhões com força de trabalho subutilizada. Desse total, 13,7 milhões estão desempregados, o que corresponde a 13,1% da população. Comparado com 2014, o número de desempregados cresceu 94,2%,. São 6,6 milhões de pessoas a mais procurando emprego desde que o ilegítimo assumiu o governo, em 12 de maio de 2016.

QUARTA TEM ATO PUBLICO

O Sindsep-PE está convocando todos os servidores federais a participarem do ato público em defesa do serviço público e da democracia, que acontecerá nesta quarta-feira, dia 23 de maio. A mobilização ocorrerá na frente da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Pernambuco (SRTE-PE), que fica na avenida Agamenon Magalhães, 2000 – Espinheiro.

A atividade terá início às 8h e se estenderá até às 12h. Ela tem como objetivo denunciar o desmando dos dois anos do governo ilegítimo de Michel Temer. O ato também será contra a reforma trabalhista e a Emenda Constitucional 95, que congelou as políticas públicas por 20 anos.

Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Pernambuco – SINDSEP-PE