Ceclin
set 07, 2020 0 Comentário


SINDSEP-PE no Grito dos (as) Excluídos (as) no Recife

Um feirado em plena segunda-feira, com ou sem pandemia, é sempre convidativo ao ócio. Mas hoje, 7 de setembro, é dia de luta. É que nessa data há mais de duas décadas tem sido realizado o Grito dos (as) Excluídos (as), com manifestações em várias cidades do País. No Recife, os participantes se concentram no Parque 13 de maio, a partir das 9h. De lá sairão em caminhada pelas ruas até a basílica da Nossa Senhora do Carmo.

Este ano, por conta do coronavírus, a recomendação é vir de máscara, trazer seu álcool em gel e protestar com distanciamento social. Quem for do grupo de risco, fica em casa, mas quem puder, vá às ruas deixar seu recado e sua indignação.

Todos os anos, o Grito dos (as) Excluídos (as) trata de uma temática diferente. Em 2020 nada mais oportuno que Vida em Primeiro Lugar – Basta de miséria, preconceito e repressão! Queremos trabalho, terra, teto e participação. O objetivo é denunciar a ameaça constante contra a vida dos brasileiros e brasileiras, em suas diversas formas, e a necessidade de atender demandas históricas do povo trabalhador.

“Iremos clamar por uma nova ordem social. Um novo modelo econômico que supere a miséria, o preconceito e a repressão, garantindo terra, reforma agrária, teto e trabalho para todos, onde o modelo socioeconômico seja o do “bem viver” e o modelo cultural o da “civilização do amor”. Se o coronavírus conseguiu provocar um colapso na economia capitalista, imaginem o que todos os trabalhadores do mundo, unidos, podem fazer!”, observou a servidora pública aposentada do Incra e militante Vilma Maria, que participa do Grito desde a sua primeira edição.

Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Pernambuco – SINDSEP-PE