Ceclin
mar 09, 2009 0 Comentário


Sete e Vitória apenas empatam

Publicado em 09.03.2009

Em uma partida morna, Sete de Setembro e Vitória não passaram de um empate em 0x0, ontem, no Estádio Gigante do Agreste, em Garanhuns. Com o empate, os dois times marcaram seus primeiros pontos no segundo turno do Campeonato Pernambucano, mas não afastaram o fantasma do rebaixamento. O Tricolor das Tabocas permanece na incômoda lanterna da classificação geral, com sete pontos. Já os garanhuenses estão na nona colocação, com 14.
Atuando em casa, o Sete passou a tomar todas as iniciativas dentro da partida. Mas os garanhuenses foram bastante incompetentes nas finalizações. Apesar da enorme necessidade de um resultado positivo, o Vitória parecia disposto a apenas se defender dentro do campo.
No primeiro tempo, foi do Sete a melhor oportunidade. Depois da cobrança de um escanteio, a bola resvalou na cabeça do zagueiro do Vitória Marcos Paulo, que quase marcou contra. O gol só não saiu devido a uma defesa milagrosa do goleiro Fernando Henrique.
Na etapa complementar, o Sete seguiu no ataque. Aos 37 minutos, aconteceu o lance mais polêmico da partida. Os garanhuenses reclamam de um pênalti não marcado pelo árbitro Carlos Costa. Eles alegam que o atacante Renatinho foi calçado pelo zagueiro Marcos Paulo dentro da área.
No fim do confronto, o Vitória arriscou seu único chute. Eduardinho bateu de fora da área e exigiu uma difícil defesa do goleiro Modragon.
Na quarta-feira, pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano, o Sete visita a Cabense, enquanto o Vitória recebe o Ypiranga.
(Jornal do Commercio).