Ceclin
ago 05, 2015 0 Comentário


Servidores do Oswaldo Cruz entram em greve por tempo indeterminado

Reprodução/TV Jornal

Reprodução/TV Jornal

Teve início nesta quinta-feira (5) a greve dos servidores do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), localizado em Santo Amaro, área central do Recife. Cerca de 70%, dos 1.300 servidores, estão com as atividades paralisadas. Eles reclamam do corte da gratificação recebida mensalmente e da falta de medicamentos quimioterápicos, antibióticos e de material cirúrgico na unidade de saúde. Os problemas do HUOC ficaram evidentes no mês de julho, depois de várias denúncias de pacientes submetidos a tratamento de câncer no hospital. Devido a falta de medicamentos, o atendimento no setor de oncologia chegou a ser suspenso.

No dia 13 de julho, a justiça expediu uma liminar atendendo a uma solicitação do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (CREMEPE), determinando um prazo de 10 dias para que o Governo de Pernambuco reabastecesse o hospital. Em uma visita realizada na unidade de saúde no dia 30 de julho, o presidente do CREMEPE, Silvio Rodrigues, constatou que a determinação não foi cumprida. O órgão encaminhou à Justiça um relatório com o resultado da fiscalização e aguarda resposta.

Com informações da TV Jornal.