Ceclin
mar 30, 2020 0 Comentário


SERTA abre inscrições para o curso de Agroecologia

O Serviço de Tecnologia Alternativa – SERTA abriu inscrições para seleção de novas turmas do Curso Técnico de Nível Médio em Agroecologia – Eixo Recursos Naturais para as Unidades de Ensino Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte, e Ibimirim, no Sertão de Pernambuco. A oferta é de trezentas vagas para quem tem interesse em aprimorar habilidades no universo da agricultura familiar. O curso é gratuito e tem duração de dezoito meses.

As inscrições seguem até o dia 16 de abril de 2020, e devem ser realizadas através do formulário de inscrição disponível no site da organização: www.serta.org.br.

Podem participar estudantes com Ensino Médio completo, e que possuam disponibilidade e interesse em desenvolver e aprimorar atividades profissionais ligadas à agricultura, pecuária, ao meio ambiente, à agregação de valor e beneficiamento, comercialização, agricultura orgânica, agroecologia.

A seleção será realizada em datas diferentes, nos municípios pernambucanos de Ibimirim, Afogados da Ingazeira, Águas Belas, Belém de São Francisco, Glória do Goitá, Caruaru e Palmares. Os locais de prova serão divulgados no site do Serta, após encerramento das inscrições.

O curso é desenvolvido em regime de alternância, com atividades presenciais e de tempo comunidade, totalizando 1.200 horas/aulas e mais 200 horas de estágio curricular supervisionado. Possui registro profissional do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE) e é credenciado pelo Conselho Estadual de Educação de Pernambuco.

A formação técnica é financiada pelo Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Educação.

Sobre o Serta

Uma instituição com 30 anos dedicados a formação, sendo uma das Escolas Transformadoras que se une a uma comunidade global de escolas que fazem a diferença, com iniciativa da Ashoka, a maior comunidade de empreendedores sociais do mundo. Tem como Missão formar pessoas para atuarem na transformação das suas circunstâncias e na promoção do desenvolvimento sustentável do campo. Tem como Visão ser referência na formação de jovens, educadores/as e produtores/as familiares, influenciando na proposição de políticas públicas para o desenvolvimento do campo.