Ceclin
abr 01, 2021 0 Comentário


Destino procurado na Semana Santa, Gravatá terá feriado com restrições

Vista aérea de Gravatá, no Agreste de Pernambuco – FOTO: IGOR BIONE/JC IMAGEM

A partir desta quinta-feira (1º), passam a valer novos horários para o funcionamento dos estabelecimentos comerciais no município

NE10Interior

As festas e celebrações que acontecem na Semana Santa em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, atraem milhares de pernambucanos todos os anos para a cidade, que fica a cerca de 80 km do Recife. Desde 2020, no entanto, com aglomerações proibidas por causa da pandemia da Covid-19, os turistas precisaram reinventar as celebrações no período em que é comemorada, pelos cristãos, a ressurreição de Jesus Cristo.

A contadora Raisa Leite, de 26 anos, costuma ir até Gravatá durante o período há oito anos, e vai ficar em casa com a família neste fim de semana, como fez em 2020. “Tenho costume de ir, há oito anos, para a casa do meu noivo. No ano passado também fui, ficamos em casa mesmo, com a família. Antes da pandemia, íamos para festas. Mas agora para mim é tranquilo, porque também gosto de ficar mais em casa, o ruim é só que não pode levar muita gente”, disse.

O engenheiro civil Mateus Magalhães, de 22 anos, também vai aproveitar o período em que não há atrações na cidade para ficar com a família. “Já vou há uns sete anos, ficava em casa, mas também ia para festa. Agora, a gente fica mais em casa, aproveitando com as pessoas próximas, com minha família e minha namorada”, conta.

Com a flexibilização das atividades econômicas em todo o Estado, a partir desta quinta-feira (1º), passam a valer novos horários para o funcionamento dos estabelecimentos comerciais no Município. Segundo decreto municipal publicado nessa quarta (31/03), os restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência, bares e similares devem manter os sons desligados, mas podem abrir das 5h às 20h. de segunda a sexta-feira, e das 9h às 17h nos finais de semana e feriados.

A expectativa do setor hoteleiro é de que a ocupação chegue a 60% até o final de semana. “Iniciamos a semana com os hotéis de Gravatá beirando os 25% de reservas garantidas e cerca de 40% de bloqueios de reservas para posterior confirmação. Depois do pronunciamento do governador flexibilizando a quarentena, a procura cresceu e já estamos com 50% de ocupação. Esperamos que até o final de semana, na sexta ou no sábado, a gente chegue em, ao menos, 60% de ocupação”, relatou Eduardo Cavalcanti, proprietário do Hotel Portal.

Segundo Eduardo, os números do período em 2021 serão melhores que os registrados em 2020. De acordo com o empresário, no ano passado Gravatá teve 25% de ocupação no pico do isolamento social, em decorrência da pandemia da Covid-19.

Pontos turísticos como o Polo Moveleiro, Mercado Cultural, Estação do Artesão, o comércio em geral e galerias comerciais; escritórios comerciais e de prestação de serviços; salões de beleza, barbearias, cabeleireiros e similares podem abrir para o público das 8h às 18h de segunda-feira a sexta-feira, e das 6h às 14h nos finais de semana e feriados, desde que sejam respeitadas as regras pré-estabelecidas contra a Covid-19, sem aglomeração.

As academias e demais estabelecimentos voltados à prática de atividades físicas podem funcionar das 5h às 20h de segunda-feira a sexta-feira, e das 5h às 17h nos finais de semana e feriados.

A Feira Livre de Alimentos continuará a funcionar nos horários de 5h às 17h da quinta-feira ao sábado, e das 5h às 12h no domingo.

A Igreja Matriz dedicada a Sant’Ana, assim como outros templos religiosos que não puderam funcionar com cultos presenciais durante os últimos 14 dias, está autorizada a receber os fiéis das 5h às 20h durante a semana e das 5h às 17h nos finais de semana e feriados.

Segundo o texto, o descumprimento das regras elencadas pode acarretar na responsabilização dos infratores, nos termos da legislação. Segundo a Prefeitura de Gravatá, as ações vigentes durante a Semana Santa são as que já estavam em prática. Com fiscalização de equipes da Guarda Municipal, Polícia Militar e Vigilância Sanitária.

Covid-19
Com 84.699 habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Gravatá já confirmou 2.101 casos e 96 óbitos por Covid-19. Agora, 56 casos suspeitos estão sob monitoramento. Ao todo, 5.476 pessoas já foram vacinadas.