Ceclin
jun 02, 2009 0 Comentário


Segurança reforçada nas festas juninas de Gravatá

Publicado em 02.06.2009

Leia Mais

Programação do São João de Gravatá

O São João de Gravatá, Agreste do Estado, que começa no próximo dia 12 e vai até o dia 27, terá policiamento reforçado este ano. Serão 170 policiais militares por dia, além dos 15 que já atuam na cidade normalmente. Um acréscimo diário de 20 homens, com relação aos festejos do ano passado, segundo o comandante do policiamento da Mata Sul, Romero Ribeiro.

A Polícia Civil complementará a segurança com mais 45 homens por dia, além de duas delegacias especializadas (do Turista e Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente – GPCA), e uma delegacia móvel instalada em frente à sede da prefeitura. O aparato é para tentar garantir tranquilidade à população local e aos cerca de 300 mil visitantes diários, aguardados pela organização da festa.
Aproximadamente 80 artistas se apresentarão em três palcos armados nos dos polos de animação, todos abertos ao público. O polo principal, o Pátio de Eventos Chucre Mussa Zarzar, no Centro da cidade, terá dois palcos e contará com atrações como André Rio, Maciel Melo, Nando Cordel, Santana e Irah Caldeira.

No Polo da Sanfona, também no Centro, o foco estará nos artistas da terra. “Há uma necessidade grande de resgatar a cultura do Nordeste. Pernambuco é muito rico e precisamos valorizar isso”, explicou o prefeito Ozano Brito Valença, ontem, após coletiva de imprensa que apresentou a programação.
Para que não haja problemas devido ao grande fluxo de turistas na cidade, que segundo o prefeito, chega a triplicar a população local, haverá reforço na infraestrutura. “Carros-pipa da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) estarão a postos para suprir o aumento de demanda. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) estará de prontidão para qualquer emergência”, garantiu Ozano Brito.
Sanitários públicos, posto de saúde, ambulâncias e Corpo de Bombeiros ficarão nos polos para atender o público. Pontos de bloqueio com etilômetros, vão assegurar o cumprimento da Lei Seca.
De acordo com Ozano Brito, o orçamento da festa ficou em torno de R$ 1 milhão, recursos da prefeitura e da iniciativa privada. A expectativa é que o São João faça circular na cidade algo em torno de R$ 4 milhões.
(Jornal do Commercio).

LEIA TAMBÉM: São João de Gravatá começa dia 12