• Ceclin
fev 23, 2017 0 Comentário


Secretaria da Mulher do Estado anuncia ações para o Carnaval 2017

files_14450_20170222124359bb64

Campanha Violência Contra a Mulher é Coisa de Outros Carnavais inicia, no sábado, com Trio da SecMulher-PE, no Bloco do Galo da Madrugada, no Grande Recife, e segue por todo o interior de Pernambuco.

A Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE) estará em todos os municípios do Estado com ações integradas para o enfrentamento da violência contra as mulheres. No próximo sábado (25), acontece, pelo 10º ano consecutivo, a campanha Violência Contra a Mulher é Coisa de Outros Carnavais. Multiplicadoras e multiplicadores farão uma ação de prevenção para foliãs e foliões de que a violência contra a mulher é crime, dá cadeia, e que esse tipo de atitude não faz parte da alegria do carnaval.

No Grande Recife, a campanha terá início no bloco Galo da Madrugada, com o desfile do Trio da Secretaria da Mulher do Estado, a partir das 9h30 da manhã, distribuindo materiais informativos pedindo o fim da violência contra as Mulheres. O trio, formado só por mulheres, será animado pela Orquestra 100% Mulher e segue o trajeto do Galo da Madrugada que começa em frente ao Forte das Cinco Pontas e segue em direção à Rua Imperial, Praça Sérgio Loreto (sede do Galo), e passa também nas avenidas Dantas Barreto e Guararapes, reunindo mais de 2 milhões de pessoas.

Do sábado de Zé Pereira até a Quarta-Feira de Cinzas, serão distribuídos 66 mil materiais, entre panfletos, leques, banners e spot para rádios, com telefones úteis para informações e denuncia no caso de violência. A campanha é uma ação do Governo do Estado através da Secretaria da Mulher de Pernambuco.

No sábado, a campanha também percorre as cidades de Olinda e Jaboatão (Região Metropolitana do Recife) e municípios do Agreste Central (Ibirajuba, Pesqueira, Lagoa dos Gatos, Bezerros, Bonito, Belo Jardim); Agreste Meridional (Tupanatinga, Itaíba, Águas Belas, Brejão, Bom Conselho, Iati, Saloá, Paranatama, Terezinha, Correntes, etc.); Mata Norte (Glória do Goitá, Chã de Alegria, Paudalho, Carpina, Tracunhaém, Nazaré da Mata, Vicência, Aliança, Ferreiros, etc); Mata Sul (Ribeirão, Barreiros, Sirinhaém, São José, Pombos, Vitória, Rio Formoso, Cortês, etc.); Sertão Central (Salgueiro e Serrita); Sertão do São Francisco (Petrolina, Cabrobó, Afrânio, Santa Maria da Boa Vista, Lagoa Grande, Dormente e Orocó); Sertão do Itaparica (Itacuruba, Carnaubeira da Penha); Sertão do Moxotó (Arcoverde, Buíque, Manari e Custódia); Sertão do Pajeú (Ingazeira, Solidão, Iguaraci, Tabira, Afogados da Ingazeira, São José do Egito e Quixaba) e Sertão do Araripe (Araripe, Exú, Trindade, Araripina, Santa Cruz e Granito).

A distribuição dos materiais conta com a parceria dos 180 organismos municipais de políticas públicas para as mulheres que representam as pernambucanas em cada cidade.

com informaçoes da Assessoria