Ceclin
set 16, 2010 1 Comentário


Saudita pede asilo por ser gay

Um diplomata saudita em Los Angeles pediu asilo nos Estados Unidos após ser afastado do cargo e receber ordens de retornar a seu país. Ele diz que teme ser assassinado por ser gay.

Em e-mail enviado a várias organizações, entre elas o jornal Los Angeles Times, o diplomata Ali Ahmad Asseri disse que seu passaporte não foi renovado e que foi afastado do cargo após outros representantes sauditas descobrirem que ele é homossexual.

A homossexualidade é considerada ilegal na Arábia Saudita. “Corro risco de vida em meu país, se eu voltar para lá serei morto em plena luz do dia”, disse ele na mensagem.
(Jornal do Commercio).